pavilhaohome edificiohome museuhome kokushikan blibliotecaacervo bunkyonethome

9º Bunka Matsuri reúne diversas atividades neste domingo

01aCom atrações para toda a família e entrada franca, o Bunka Matsuri – A Festa da Cultura Japonesa será realizado neste domingo, dia 22, das 9h às 17h, na sede do Bunkyo, no bairro da Liberdade, em São Paulo. Nesta edição, três eventos especiais marcam a programação.

Organizado sob a liderança da Comissão de Jovens, o Bunka Matsuri tem como finalidade promover os diversos aspectos da cultura japonesa, como também trazer o público para conhecer a entidade.

Entre as tradicionais atividades da festa estão as apresentações de música e dança folclórica, a praça de alimentação com diversas especialidades culinárias, as oficinas culturais, exposições, demonstração de cerimônia do chá, bazar, entre outras.

Rodolfo Wada, presidente da Comissão Organizadora, destaca que esta será uma edição muito especial por conta da comemoração dos 120 anos do Tratado de Amizade Brasil-Japão e 60 anos de fundação do Bunkyo. “Uma oportunidade única de vivenciar diversos aspectos da cultura japonesa em apenas um dia”, garante.

 

Os destaques da festa

01Para abrigar todas as atividades do evento, o festival ocupa todos os espaços da entidade, que recentemente passou por obras de melhoria e agora poderá oferecer mais conforto aos visitantes. Um dos novos locais é o Espaço Multiuso, implantado no antigo Ginásio de Esportes, e que hoje conta até com ar condicionado.

Neste local será montado o Restaurante VIP, sob coordenação do premiado chef Shin Koike, que em 2014 foi uma das cinco personalidades condecoradas pelo governo do Japão por seus serviços de divulgação da cultura culinária nipônica pelo mundo.

02O menu degustação inclui entrada, sushi, grelhados, fritos e wagashi (confeito) e os convidados vão degustar, entre outros pratos, especialidades como: salmão marinado com shio-koji, lula recheada com arroz mochi, sushis variados, bara-tirashi, peixe cojinova grelhado temperado com misso, shogayaki de contrafilé, tempurá de pupunha recheado com massa de camarão e mini porção de sobá gelado. O serviço encerra com o confeito kuzu mochi com kinako.

O restaurante vip funcionará das 12h às 15h no Espaço Multiuso e custa R$ 120,00 por pessoa (bebidas não inclusas). Os últimos convites podem ser adquiridos na secretaria do Bunkyo (Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo – SP / tel. (11) 3208-1755).

Exposição do Japão

03No Bunka Matsuri será a última oportunidade de visitar a exposição Artesanato do Japão: tradições e técnicas, promovida pela Fundação Japão em São Paulo. Montada no Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil, no 9º andar do Bunkyo, a mostra será encerrada após o festival e seguirá para Seattle (EUA) depois de ter passado por Rio de Janeiro, Curitiba, Brasília, Manaus, Belém e Recife.

As peças fazem parte do acervo da Japan Foundation (Japão) e reúne utensílios criados, ao longo dos anos na vida cotidiana, em cerâmica, tingimento de tecidos, metais, marchetaria, laqueados, bambu e madeira, papel, entre outros, sempre trabalhados com técnicas adequadas, de acordo com a natureza de cada material, resultando em objetos práticos e com seu toque de beleza.

3a - marchetaria hakoneTrata-se de uma exposição que traz um recorte do artesanato do Japão, sob o olhar das tradições e técnicas adotadas por reconhecidos artesãos, compartilhando a habilidade e criatividade de seus trabalhos.

“Os materiais tradicionais e característicos de cada região foram transformados em utensílios práticos e artigos altamente criativos, com a esmerada técnica e talento dos artesãos que desenvolveram a produção e a criação de obra de arte, contribuindo para aumentar o estrato do setor artístico e qualitativamente como um todo”, afirma Kazuko Todate, curadora do Museu de Arte em Cerâmica de Ibaraki, no Japão.

Godo Katen

04O terceiro evento especial está sendo preparado em conjunto com a Associação Brasileira de Ikebana. Na ocasião, ela estará apresentando a Grande Exposição Coletiva de Ikebana (Gōdō Katen), evento anual e tradicional da Associação que reúne a maioria dos professores e alunos praticantes de Ikebana em São Paulo.

A exposição de Ikebana abrirá no dia 20 de março (sexta-feira) e prosseguirá até domingo, dia 22, ocupando o Salão Nobre e o hall de entrada do Bunkyo. No sábado, dia 21, está programada uma atividade especial integrando várias artes tradicionais japonesas: "Hana - a flor e seus encantos". A proposta é presentar as diversas formas de expressão estética a partir do Kadô, a arte do arranjo floral (ikebana). A demonstração inclui dança tradicional japonesa, cerimônia do chá, caligrafia japonesa (shodô) e, claro, ikebana.

04aAs escolas participantes são: Instituto de Ikebana Ikenobo do Brasil, Associação Cultural de Ikebana Kooguetsu Ryu, Sogetsu Ryu, Ohara Ryu, Shoguetsudo Koryu, Sogetsu Ryu Brasília Study Group, Associação de Ikebana Kado Ikenobo Tatibana da América Latina, Saga Ryu, Kado Misho kai, Ikenobo Kadokai Nambei Shibu, Ikebana Sanguetsu e Seiguetsu Ryu.

“Homenageando os 120 anos do Tratado de Amizade Brasil-Japão e os 60 anos de fundação do Bunkyo, decidimos montar este programa especial reunindo algumas das manifestações da cultura clássica japonesa tomando como referência o ikebana”, explica Erisson Thompson de Lima, presidente da Comissão de Ikebana do Bunkyo e da Associação de Ikebana do Brasil.

 

TRADICIONAIS ATRAÇÕES

05Com tantas atividades acontecendo, o ideal é se localizar pelos diferentes espaços da entidade. Vamos começar com o Edifício Sede.

No hall de entrada, o público será recebido com a Grande Exposição Coletiva de Ikebana – Gōdō Katen e vai chegar ao Grande Auditório, onde o palco será ocupado pelos shows artísticos coordenados pela Comissão de Música e Dança Folclórica do Bunkyo. Aqui, às 12h, também acontece a cerimônia de abertura do festival. Acompanhe a seguir a programação do local, que traz apresentações de música e de dança folclórica japonesa:

Programação – Grande Auditório
10:00 Karaokê - Yoshiko Tamura
10:10 Tamagusuku ryu Kotarokai Omine Hatsue Ryubu Dojo
10:25 Shan Shan Kassaodori
10:40 Hanayagui ryu Kinryukai
10:55 Karaokê - Elaine Hara
11:05 Ikeshiba Midori Nihon Buyo Kyoshistsu
11:20 Nishikawa ryu Yousuke kai
11:35 Tangue Setsuko Taiko Dojo
12:00 Cerimônia de Abertura
INTERVALO
14:00 Mariana Suzuke
14:10 Kyofujima ryu Nihon Buyo Gakko
14:25 Assoc. Cultural e Assistência Social Kenko Hyougen Taisso
14:40 Hanayagui ryu Ryufukikai
14:55 Associação Brasileira de Música Clássica Japonesa – Hougakukai
15:25 Fujima ryu Nihon Buyo Gakko
15:40 Edson Saito

 

Exposições e cerimônia do chá

06Retornando ao hall e seguindo pelos andares do edifício, os visitantes encontrarão as demais exposições do evento e a demonstração da cerimônia do chá.

No 1º andar o público visita a Exposição de Artes Plásticas e Cerâmica, organizada pela Comissão de Artes Plásticas e de Arte Craft do Bunkyo. As obras também estarão à venda no local.

No 2º andar, no Salão Nobre, será realizada a Demonstração de Cerimônia do Chá. Cinco demonstrações acontecem ao longo do dia, sob a coordenação do Centro de Chadô Urasenke do Brasil.

07As sessões iniciam às 11h, 12h, 13h, 14h e 15h, tendo 30 minutos de duração cada. O público está convidado a participar desta cerimônia onde se serve chá seguindo os rituais desta tradição.

Ainda no Salão Nobre haverá a Exposição e Demonstração de Etegami, onde Keiko Ishii vai ensinar sobre a arte da “carta imagem”. Etegami, em tradução literal, significa desenho (e) carta (tegami) e lembra os nossos cartões postais. É uma arte que não requer prática e busca transmitir o sentimento de quem envia a carta àquela pessoa que deverá recebê-la. Em geral, o desenho é do tipo aquarela.

 

Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil

08Ocupando 7º, 8º e 9º andares do Bunkyo, o Museu vai estar aberto à visitação, das 10h às 17h30, gratuitamente durante o Bunka Matsuri. Cada andar abrange um determinado momento da imigração japonesa.

O 7º andar engloba o início da emigração japonesa e a abertura das relações Brasil-Japão. Os visitantes poderão ver lá uma reprodução do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre Brasil e Japão, em português e em japonês, que em 2015 está completando 120 anos. Também trata sobre a 1ª fase da imigração ao nosso país até a 2º Guerra Mundial.

O 8º andar apresenta a introdução de novas espécies de produção agrícola, e a 2ª fase da imigração com a adaptação dos imigrantes em nosso país e sua presença na cidade.

Ao 9º andar cabem os 50 anos pós-guerra. Nele estão retratadas as mudanças da comunidade nikkei, a vinda das empresas japonesas, bem como a contribuição dos nipo-brasileiros para a sociedade brasileira.

Neste andar o público ainda poderá visitar a exposição Artesanato do Japão: tradições e técnicas.

 

Oficinas culturais

O prédio anexo vai agrupar as oficinas culturais e a primeira atividade está no subsolo, com a Astrologia Oriental. Teruo Hama vai fazer a leitura das linhas das mãos e revelar o que o futuro te reserva...

Localizada no 1º andar do prédio novo está a Sala de Exposição. Aqui os visitantes devem ficar atentos aos horários de cada oficina. Todas as atividades são gratuitas, mas as vagas são limitadas. Veja programação:

Oshibana (das 9:30 às 16:30)
09-oshibanaMirian Tatsumi ensina sobre a arte das flores prensadas, que são utilizadas em diferentes tipos de trabalhos artesanais (quadros, bijuterias, marca página, entre outros). Mirian é mestra em Arte Oshibana, formada no Japão durante os sete anos que viveu no país asiático, sendo seus trabalhos referência no Brasil e reconhecidos internacionalmente.

10 - kirigamiKirigami (9:30 / 12:30 / 15:30)
Definido como origami arquitetônico, o Kirigami é a arte de Naomi Uezu. Muito utilizado em cartões tridimensionais, que “saltam” quando abertos. Formada em Publicidade e Propaganda pela Cásper Libero, estudou Design Gráfico na Universidade de Belas Artes de Okinawa – Japão. Segundo ela, o “Kirigami é a magia de poder transformar o papel nas mais variadas formas e poder despertar nas pessoas um sentimento, uma emoção”.

Mangá (10:00 / 13:30 / 16:00)
11 - mangaMinistrado pela professora Barbara Guarche, da Spirit Art School, que vai mostrar um pouco da cultura pop japonesa com o desenho estilo mangá. As atividades serão divididas em básico (ensinando a construção da cabeça e algumas dicas importantes para um bom desenho) e avançado (com a construção do corpo e dicas de como criar poses). Os interessados também poderão fazer sua caricatura mangá, em papel tamanho A5 a R$5,00 cada uma.

12 - origami tecidoOrigami em tecido (10:00 / 12:00 / 15:00)
Sem costura alguma, um único pedaço de tecido cortado em forma geométrica vira arte apenas com dobras. Thaís Kato é jornalista pós-graduada em Comunicação Empresarial, artista e empresária. Traz o origami como herança de sua ascendência japonesa e a arte como busca incansável. Desenvolve de acordo com diagramas de origami, a mesma arte em tecido, onde cada detalhe ressalta a tradicional e milenar sutileza, encantamento e perfeição oriental.

Furoshiki (10:30 / 12:30 / 14:30)
13 - furoshikiA arte japonesa de embrulhar com tecido. Utiliza um lenço quadrado que, através de técnicas de dobras e amarrações, se transforma em bolsas, sacolas e embalagens. Devido à possibilidade de se reutilizar o mesmo lenço diversas vezes, substituindo plástico e papel, foi adotado pela ex-ministra do Meio Ambiente do Japão Yuriko Koike como símbolo da Cultura Japonesa para a sustentabilidade (Campanha Mottainai Furoshiki). Claudio Sampei é Engenheiro Químico pós-graduado em Educação Ambiental e desde 2008 tem utilizado o furoshiki como dinâmica em atividades de educação ambiental e em palestras sobre o tema Mottainai.

14 - patchworkPatchwork (11:00 / 14:00)
Artesanato criado com retalhos, que será apresentado aos visitantes do Bunka Matsuri por Léa Eslis. É possível criar diversas peças de decoração, além de utilidades como carteiras, bolsas, porta-objetos e outros.

Shodô (11:00 / 13:00 / 16:00)
15 - shodoÉlcio Yokoyama vai mostrar a arte milenar de escrever a caligrafia japonesa. “Sho” significa caligrafia, escrita, e “Do”, caminho. Com apenas uma pincelada, sem retoques, os praticantes do Shodô buscam transformam os principais “kanjis” ou ideogramas japoneses em expressões artísticas, criando seu próprio estilo.

16 - origamiOrigami (11:30 / 14:00 / 16:00)
O Origami é a arte tradicional japonesa de dobrar papel, transformando-o em figuras de animais, flores, objetos utilitários e geométricos. Elisa Asanuma “Tchami” é formada em Pedagogia pela Universidade de São Paulo (USP) e adora trabalhos manuais. Unindo sua área de formação e sua paixão pelo Origami, tem realizado oficinas em eventos da cultura japonesa.

Soroban (14:30)
17 - sorobanO soroban é um ábaco japonês utilizado para realizar contas com rapidez e perfeição. Faz adição, subtração, divisão e multiplicação, além de extração de raízes – quadrada e cúbica. Também é possível trabalhar com horas, minutos, segundos, conversão de pesos e medidas, operando com números inteiros, decimais e negativos. Quem vai explicar sobre o soroban é Mário Yokota, que já foi campeão brasileiro de soroban na categoria Ditado.

No antigo Ginásio de Esportes, agora Espaço Multiuso, os organizadores vão receber as autoridades na Sala VIP, que dividirá o amplo espaço do local com o Restaurante VIP coordenado pelo chef Shin Koike.

 

Praça de alimentação e bazar

18Um dos lugares concorridos do Bunka Matsuri é a Praça de Alimentação, que fica montada no estacionamento da entidade (1º piso).

As entidades beneficentes Kodomo-no-Sono, Ikoi-no-Sono, Kibô-no-Iê e Yassuragui Home têm espaço garantido e devem servir: tempurá especial, yakitori, okonomiyaki, espeto de camarão, batata louca, churros, raspadinha, guiyoza, cocada e yakisoba.

Há ainda outras delícias que podem ser encontradas nas demais barracas como tako yaki, ika yaki, temaki, sushi, oniguiri, okinawa sobá, karê, oniguiri de missô, tempurá de sorvete e udon, além de salgados e doces.

20A novidade deste ano fica por conta do hambúrguer de wagyu, carne nobre de uma raça bovina de mesmo nome originada do Japão. É considerada a carne bovina mais saborosa e mais cara do mundo.

Ainda no estacionamento, o 2º piso abriga 27 bazaristas, que trazem diversos artigos nacionais e importados, entre eles: confecção feminina, masculina e infantil, cosméticos, perfumes, mel, utensílios de cozinha, artesanato, capim dourado, cerâmica, malha de tricô, bijuterias, pedrarias, acessórios, kimonos, pijamas, camisetas, lingerie, meias, calçados e bolsas, além de flores e orquídeas.

Neste ano, vale a pena procurar pelos artigos de seda japonesa e as facas de cerâmica japonesa.

 

SERVIÇO
9º Bunka Matsuri (entrada franca)
Data/hora: 22 de março de 2015, domingo, das 9h às 17h
Local: Sede do Bunkyo, Rua São Joaquim, 381 – Liberdade – São Paulo – SP
(próx. Estação São Joaquim do Metrô)
Informações: (11) 3208-1755

REFORMA PARCIAL
ESTATUTO SOCIAL

>> 03.12.2015: Resolução conjunta CD/Diretoria para constituição da Comissão de Reforma do Estatuto do Bunkyo
>> 10.09.2015: Reforma parcial do estatuto do Bunkyo
>> 27.05.2015: Conselho Deliberativo institui a Comissão de Reforma do Estatuto do Bunkyo
>> ESTATUTO SOCIAL