pavilhaohome edificiohome museuhome kokushikan blibliotecaacervo bunkyonethome

Informamos a nossos visitantes e associados o expediente de final de ano:

Em 2018, a SECRETARIA do Bunkyo terá meio expediente nos dias 24/12 e 31/12 (início às 9h e término às 12h), permanecendo FECHADA nos dias 25/12 e 01/01.

Estarão FECHADOS nos dias 24, 25 e 31/12 e também 01/01:

- Biblioteca
- Museu
- Pavilhão Japonês do Parque Ibirapuera

Recepção ao novo embaixador do Japão Umeda, laços que se fortalecem

01Aproximadamente 150 pessoas, a maioria delas representantes de entidades nipo-brasileiras, estiveram presentes na recepção ao novo embaixador do Japão no Brasil, Kunio Umeda, realizada no Salão Nobre do Bunkyo, na noite do dia 10 de abril.

Acompanhado do cônsul-geral do Japão em São Paulo, Noriteru Fukushima; do presidente do Bunkyo, Kihatiro Kita, e da embaixatriz Keiko Umeda, o novo embaixador Kunio Umeda adentrou o Salão Nobre, por volta das 19h40.

02Recebido com calorosa salva de palmas, rapidamente o grupo ocupou os assentos no palco junto às autoridades convidadas: o deputado federal Junji Abe, deputado estadual Jooji Hato, os vereadores Aurélio Nomura e George Hato e os representantes das entidades nipo-brasileiras (Anselmo Nakatani da Aliança Cultural Brasil-Japão, Shinsuke Fujii da Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil, Mikihisa Motohashi da Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil e Yoshiharu Kikuchi da Beneficência Nipo-Brasileira em São Paulo).

Depois dos hinos nacionais do Japão e do Brasil, os mestres de cerimônia, Roberto Nishio e Yoshinori Kihara apresentaram cada um dos representantes das entidades, ritual que foi acompanhado com a máxima atenção pelo homenageado.

03O presidente do Bunkyo, Kihatiro Kita, em nome da comunidade nipo-brasileira, ao saudar o homenageado, destacou a expectativa de conhecer e "estabelecer os primeiros contatos com a autoridade máxima representativa do governo japonês em nosso país".

Além de se referir à Copa Mundial de Futebol e às eleições no próximo mês de outubro, destacou o "momento histórico de incremento das relações econômicas entre os dois países", cujo cenário de relevância ocorre exatamente "às vésperas das comemorações dos 120 anos da assinatura do Tratado de Amizade, Comércio e Navegação entre Japão e Brasil, ocorrida em 1895", que representa o estabelecimento oficial das relações diplomáticas.

04Ao se referir à comunidade nipo-brasileira, o presidente Kita lembrou da possibilidade de o homenageado já ter "convivido com esse mesmo clima durante sua atuação junto ao Consulado Geral do Japão no Peru, país em que os imigrantes japoneses chegaram 10 anos antes do que no Brasil".

Em seguida, representando os políticos presentes e na qualidade de presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão, o deputado federal Junji Abe fez a sua saudação, destacando "o orgulho" de ser um dos integrantes da comunidade nipo-brasileira, e a "credibilidade" na sociedade brasileira.

05O deputado Abe contou que, em seu gabinete em Brasília, no último dia 2 de abril, recebeu "a honrosa visita do embaixador Umeda, que numa demonstração incrível de humildade, tomou a iniciativa de nos visitar". Entre os assuntos abordados, relatou o deputado, descobriu que o novo embaixador "adora futebol" e, gentilmente destacou que, "em matéria de futebol, para os nipo-brasileiros, depois do Brasil, nosso coração é todo dedicado ao Japão".

06E, fez um convite ao embaixador – "aqui, temos os maiores times de futebol, o Santos, o Palmeiras, o Corinthians com sua torcida fanática, mas eu queria mesmo que Sua Excelência passasse a torcer pelo São Paulo Futebol Clube". Risos de alguns, palmas de outros.

Três agradecimentos e um pedido

07O embaixador Kunio Umeda, que rapidamente conquistou a simpatia do público, iniciou sua saudação agradecendo "do fundo do meu coração esta magnífica solenidade".

Disse que "desde há algum tempo desejava trabalhar como embaixador no Brasil e fiz um pedido ao meu chefe nesse sentido", destacando que, por isso, "agora que estou no Brasil, estou muito satisfeito".

Em seguida, afirmou que gostaria de fazer três agradecimentos e um pedido aos presentes. Sobre o primeiro, continuou, o deputado Junji Abe já se referiu quanto à boa imagem construída pelos imigrantes japoneses, "fato que se constitui no grande tesouro, no patrimônio para todos os japoneses". Acrescentou: "quero externar minhas reverências aos esforços de todos os nikkeis até os dias atuais".

08O segundo agradecimento refere-se à Copa do Mundo de Futebol, informou o embaixador, lembrando da mobilização das entidades nipo-brasileiras sediadas em São Paulo com a constituição da Comissão de São Paulo em Apoio aos Visitantes Japoneses na Copa do Mundo no Brasil. Contou que, no último dia 20 de março, no Japão, acompanhado do cônsul-geral de São Paulo, Noriteru Fukushima, esteve reunido com a diretoria da Associação Japonesa de Futebol em Tóquio, ocasião em que foi explanado sobre a Comissão. "Estão todos imensamente agradecimentos por essa colaboração do Brasil", garantiu.

09O terceiro agradecimento se referiu aos nikkeis, aos brasileiros, pela "contribuição ao crescimento do futebol japonês". Disse que o fortalecimento do futebol no país ocorreu após o estabelecimento da Liga Japonesa há 20 anos "e, por detrás disso está a enorme contribuição dos jogadores brasileiros de renome mundial como Zico, Jorginho, Leonardo, Dunga, e tantos outros, que nos ensinaram não somente a parte técnica, como também a atitude e o espírito profissional".

Lembrou ainda a importante contribuição ao futebol japonês, nos anos de 1970/80, dos nikkeis como Nelson Yoshimura e Jorge Kobayashi, ou ainda de Túlio Marcos Tanaka que adotou a nacionalidade japonesa e integrou a seleção japonesa de futebol. Destacou ainda o nome de Sérgio Echigo, "que é meu amigo", que há cerca de 30 anos residindo no Japão, "ensinou a alegria do futebol para mais de 600 mil crianças japonesas".

10"Atualmente, o futebol está se fortalecendo e a contribuição dos jogadores nikkeis também é significativa", afirmou, acrescentando: "como embaixador do Japão e representante internacional da Associação Japonesa de Futebol, quero externar meus mais profundos agradecimentos pelo apoio ao desenvolvimento do futebol japonês".

Sobre o único pedido, lembrou que o próximo ano serão comemorados os 120 anos do estabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, e, para tanto, estará sendo programada uma série de atividades. E, nesse sentido, "gostaria, o quanto antes, que fosse montada uma comissão executiva com a participação dos senhores", assinalou.

11"Os senhores até podem pensar que só vim cuidar de futebol", lembrou bem humorado, mas outros assuntos estão em sua pauta. Por exemplo, lembrou que a última visita entre altos dignatários dos dois países ocorreu em 2004/2005 e talvez fosse um momento oportuno para promover novamente esses encontros.

Durante a cerimônia de boas vindas, a embaixatriz Keiko Umeda foi homenageada com um arranjo de flores.

Ao final, após o "kampai" (brinde) conduzido por Yoshiharu Kikuchi, o casal permaneceu no palco do Salão Nobre na tradicional troca de cartões de visita com os representantes das entidades.

Facebook-BunkyoTwitter-BunkyoMuseu Histórico da Imigração Japonesa no Brasilinstagram

REFORMA PARCIAL
ESTATUTO SOCIAL

>> 03.12.2015: Resolução conjunta CD/Diretoria para constituição da Comissão de Reforma do Estatuto do Bunkyo
>> 10.09.2015: Reforma parcial do estatuto do Bunkyo
>> 27.05.2015: Conselho Deliberativo institui a Comissão de Reforma do Estatuto do Bunkyo
>> ESTATUTO SOCIAL