Repressão aos imigrantes japoneses nos tempos do pós-guerra

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

abrangenciasExistem certos fatos e certos personagens que parecem não fazer parte de nossa história oficial. Não sabemos por quais motivos a memória (incluindo a da própria comunidade nikkei) sempre dá um “salto histórico” ao tocar nesses acontecimentos e personagens.

Inconformados com isso, os integrantes do Projeto Abrangências seguem firmes em sua atuação, realizando uma série de eventos e participando ativamente junto à Comissão da Verdade do Estado de São Paulo Rubens Paiva, acreditando que essas ações poderão trazer à luz esses acontecimentos que muitos teimam em manter na penumbra.

Assim, no próximo dia 31 de maio, sábado, às 10h, realiza-se uma audiência pública sob o tema: “Casos de Tortura e Morte dos Imigrantes Japoneses no Brasil – 1946/1947”, na Câmara Municipal de Tupã, na Praça da Bandeira, 222 – Centro – Tupã – SP.

O evento tem como convidado de honra o deputado estadual Adriano Diogo, presidente da Comissão da Verdade do Estado de São Paulo, e tem como coordenador o vereador Caio Aoqui, ACERT – Associação Nipo-Brasileira de Tupã, Akira Yamauchi e Fernanda Yamauchi.

De acordo com Mario Jun Okuhara, um dos representes do Projeto Abrangências, no evento estarão em debate o caso do jovem Fukuo Ikeda e o dos 172 homens que foram encarcerados no presídio da Ilha de Anchieta.

O evento terá a presença de Tokuichi Hidaka, uma das testemunhas vivas desses episódios.

Confira o calendário de eventos completo