No Bunkyo, a homenagem aos condecorados pelo governo japonês

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

01Duas pessoas comprometidas com a difusão da cultura japonesa em nosso país. Esse foi o tom do consul-geral adjunto Hiroaki Sano ao apresentar os dois condecorados de outono do governo japonês – Masatoshi Akagi e João Grandino Rodas.

A casa um deles, o reconhecimento de agradecimento do Japão nas palavras do cônsul Sano que transmitiu sua mensagem no último dia 6 de japoneses na cerimônia de homenagem realizada no Salão Nobre do Bunkyo. O evento co-promovido por 37 entidades nipo-brasileiras, foi prestigiado por cerca de 80 pessoas, entre elas, destaque para o deputado estadual Jooji Hato.

O consul-geral adjunto Sano, após informar que os diplomas e as condecorações foram entregues em cerimônia realizada no mesmo dia, a partir das 15h, na residência oficial do cônsul-geral Fukushima, ressaltou o mérito de cada um dos homenageados.

05Akagi, condecorado com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro com Roseta, contribuiu para difundir o sumô no Brasil, prática esportiva considerada “o coração da tradição japonesa”, ressaltou, acrescentando que atuou não somente no setor esportivo como também para transmitir respeito e colaboração no seio da comunidade nipo-brasileira. Além disso, “foi responsável por atrair muitos brasileiros para a cultura japonesa”.

Já, de acordo com o cônsul Sano, o professor doutor João Grandino Rodas, condecorado com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro com Laço, é uma pessoa que “sempre gostou do Japão”, e por conta disso, dedicou-se fortemente para estabelecer mais proximidade entre Brasil-Japão no campo acadêmico. Também, destacou, “atuou junto aos jovens estudantes brasileiros para conhecer o Japão e aos acadêmicos japoneses para conhecer o Brasil”.

O presidente Kita, que faltou em nome das entidades co-promotoras e o deputado estadual Jooji Hato, também enalteceram os feitos dos condecorados. “Imagino a alegria dos condecorados e o orgulho dos amigos e familiares em participar desta homenagem”, destacou o deputado Hato.

No momento dos agradecimentos, Akagi inicialmente destacou sua gratidão a todos os “sempai” (veteranos), como “importantes transmissores da tradição do sumô”, e que, “neste momento, como um dos poucos sobreviventes da geração pioneira, tenho de me esforçar muito mais”.

06Afirmou ainda que, pessoalmente, “receber esta honraria do governo japonês era algo que nem em sonho imaginava”, principalmente para ele, “um imigrante que chegou ao Brasil há cerca de 80 anos, nos braços de sua mãe, antes de completar um ano de idade”.

João Grandino Rodas, por sua vez, ao ressaltar sua gratidão pelo reconhecimento do Japão e pela homenagem da comunidade Nikkei, referiu-se à sua profunda admiração pela cultura japonesa. “Os dois povos têm uma proximidade especial, junto com as diferenças também existem muitas semelhanças”, afirmou, lembrando que, “se somos diferentes, um aprende com o outro”.

Lembrou ainda que a USP também é uma universidade japonesa não só pelo grande número de alunos, como também de professores de origem japonesa, destacando a atuação do professor doutor Masato Ninomiya, especialista em Direito Internacional como ele, e também professor da Faculdade de Direito do Largo São Francisco.

Após a cerimônia, os presentes se confraternizaram durante o coquetel servido no local.

{gallery}noticias/2015/janeiro/condecorados_outono/evento:::0:2{/gallery}

Confira o calendário de eventos completo