Animação de todos no Festival das Cerejeiras Bunkyos

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

029Frio e chuva, os principais empecilhos do Festival das Cerejeiras Bunkyos, não deram trégua neste final de semana (dias 4 e 5 de julho). Apesar disso, os organizadores ficaram satisfeitos – calcula-se que aproximadamente 15 mil pessoas estiveram no local e, mesmo enfrentando os transtornos do lamaçal, não deixaram esfriar a animação!

046Nesta 19ª edição, a área das atrações do Festival foi reduzida (o entorno do Ginásio de Esportes não foi utilizado), abrangendo somente o espaço utilizado nas edições anteriores. Assim, quem deixava o carro no estacionamento, encontrava o primeiro piso ocupado pelos bazaristas (com uma infinidade de produtos interessantes!), o pessoal vendendo mudas de cerejeiras, flores (das mais variadas espécies e preço imperdíveis) e verduras orgânicas, além do palco com atrações variadas.

017No piso abaixo estava instalada a Praça de Alimentação com pratos da tradicional culinária japonesa e internacional. Para um final de semana chuvoso e friorento, os lamen/soba foram muito procurados, mas diversas filas também se formaram ao longo da lateral ocupada pelos estandes. Pratos alemães e italianos mereceram elogios dos visitantes.

028No terceiro piso, foram instaladas as oficinas culturais: pipas, com o eng. Ken Yamazato, Elena Yamazato e Ana Assami; cerâmica, com Kenjiro Ikoma e Adriana Issobata da Comissão de Arte Craft do Bunkyo; patchwork, com Léa Eslis; bonsai, com Shiko (Francisco Bispo de Oliveira) e Ichio Mishima da Associação Amigos do Bonsai de Vargem Grande Paulista; ikebana, com Marlene Yabiko, Regina Mary Muricawa e Maria José Borges Santana da escola Kado Sanguetsu e tanabata; além do Concurso Bunkyo de Fotografia (exposição 2014 e inscrições), sala vip e os estandes da Associação de Mallet-Golf Kokushikan.

031Antes de chegar à praça das cerejeiras, os visitantes passavam pelos food trucks oferecendo doces e salgados (a novidade foi o sanduiche de bife de Kobe).

Vencida essa parte, abre-se o amplo espaço ocupado pelas cerejeiras floridas. Infelizmente, a chuva e os ventos dos dias anteriores danificaram a vivacidade tão especial dessas flores. Mas, nada que fosse capaz de destruir a festa: “nestas horas, é possível descobrir outras coisas especiais, outros detalhes que chuva e inverno propiciam o aparecimento”, atesta um dos fotógrafos no momento em que fazia a inscrição para o Concurso Bunkyo de Fotografia, patrocinado pela Fujifilm.

A cerimônia de abertura

001No sábado, dia 4, entre as autoridades, destaque para a visita ilustre do cônsul-geral do Japão, Takahiro Nakamae que chegou acompanhado da família (a consulesa Massako e os dois filhos). Depois de uma volta rápida pelas instalações do Kokushikan (tomando-se cuidado com o lamaçal!), o cônsul-geral Nakamae participou da cerimônia de abertura com os representantes das entidades nipo-brasileiras, incluindo as localizadas na região sudoeste, com o representante do prefeito Daniel de Oliveira Costa, Hamilton Luiz Benedito, o vereador Etelvino Nogueira, entre outros.

002A presidente do Bunkyo, Harumi Arashiro Goya, falou em nome das entidades realizadoras. Em suas palavras destacou as dificuldades para obter recursos para a organização do evento e agradeceu a confiança das empresas patrocinadoras neste ano. Também destacou e agradeceu a valiosa atuação dos inúmeros colaboradores.

003Já o cônsul-geral Nakamae, falando em português, disse estar feliz em “expressar a grande emoção e satisfação em poder participar do evento”. Fez questão de agradecer a Prefeitura da Estância Turística de São Roque “que desde longa data tem inserido este Festival em seu calendário turístico”. Também fez questão de demonstrar “respeito aos que plantaram e cultivaram essas árvores para fazer florescê-las tão belamente!”.

“Para nós, japoneses, causa uma emoção especial, pois nosso sentimento sempre está apegado a esta flor (cerejeiras)”, disse o cônsul-geral Nakamae, “e é motivo de grande emoção poder compartilhar com toda a sociedade deste lugar tão maravilho”. “Gostaria de expressar meus agradecimentos por essas emoções”, destacou.

004O vereador Etelvino Nogueira, em sua saudação, lembrou de uma feliz coincidência: a primeira edição do Festival das Cerejeiras Bunkyos realizou-se no mesmo ano de seu primeiro mandato à Câmara Municipal de São Roque. Destacou a continuidade anual do Festival e fez questão de ressaltar: “nenhuma dificuldade afasta aquilo que é sólido”. Sobre a inclusão do evento no calendário turístico da cidade, disse ser um motivo de grande satisfação, “pois leva o nome de nossa cidade aos quatro cantos deste país”.

Hamilton Luiz Benedito, representante do prefeito de São Roque, Daniel de Oliveira Costa, agradeceu a presença de todos e acrescentou “que a Prefeitura está à disposição para colaborar com todos”.

No palco, um desfile de atrações

039Mesmo num local mais compacto em relação ao ano anterior, o show de palco com a apresentação de Jorge Suzuki agradou ao público.

Seguindo a tradição dos anos anteriores, tanto no sábado como domingo, a série de apresentações iniciou com a performance do engenheiro de pipas, Ken Yamazato. A cantora japonesa Mieko Tsurusawa foi a convidada especial do Festival. No palco também desfilaram os seguintes cantores nikkeis: Joe Hirata, Ricardo Nagase, Sérgio Tanigawa, Mariana Suzuke e Edson Saito e YES Band.

005Na dança, contou-se com a presença do grupo Gold and Silver da Alemanha e Grupo Folclórico Tirol (sapateado), da Áustria. Houve ainda duas apresentações de dança do ventre – Nete Salmah e Sawalef. As alunas da Escola de Ballet Marisa Escher também fizeram suas apresentações.

Retumbantes, três grupos de taiko estiveram no palco: Kien Daiko, Kadama Kai e Ryubu Daiko CCI. Na parte de artes marciais, a demonstração do grupo de Kendo Kukushikan, Associação Ibiunense de Artes Marciais e Muguen (grupo de Karatê do prof. Gilson).

Para movimentar a plateia, foram convidados os integrantes da Alces Risumu Taissô e Kenko Hyogen Taissô.

044No encerramento do Festival, em meio ao animado e ansioso público, foi feito o sorteio do comprovante de estacionamento – tendo como prêmio um sistema Home Theater Sony 5.1. O feliz ganhador foi Hebert Kenji Maeda, de São Paulo.

Como Hebert já tinha deixado o Festival no momento do sorteio, nesta terça-feira (7), de manhãzinha, ele esteve na secretaria do Bunkyo, no bairro da Liberdade, para retirar seu prêmio. Recebido pelo secretário geral administrativo, Eduardo Goo Nakashima, na sala da presidência, comentou ter sido a primeira vez que ia ao Sakura Matsuri e ficou muito feliz em ter participado e tido a sorte de ser sorteado.

O 19º Sakura Matsuri contou com o patrocínio de Sakura, Honda, Brastel, Brasil Kirin, Fast Shop, Alfa Alimentos e Fujifilm.

Fotos: Hitoshi Matsuura

{gallery}noticias/2015/julho/19_sakura_matsuri/evento::::2{/gallery}

Confira o calendário de eventos completo