Exposição sobre imigração na Assembleia segue até 30 de outubro

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

01Uma animada confraternização entre representantes das diversas entidades nipo-brasileiras e setores da Assembleia Legislativa. Esse foi o resultado do encontro que reuniu aproximadamente 60 pessoas para marcar a abertura da exposição “A moradia dos imigrantes japoneses”, no último dia 20, e que prossegue até o dia 30 de outubro.

02O deputado estadual Hélio Nishimoto, responsável pela promoção do evento em conjunto com o Bunkyo, em sua saudação, destacou a importância deste evento neste ano de comemoração dos 120 anos do Tratado de Amizade Brasil-Japão, “em que a Assembleia Legislativa de São Paulo se irmana a toda sociedade para destacar o intercâmbio entre os dois países e a satisfação pela honrosa visita do príncipe Akishino ao Brasil.”

03Na ocasião, o deputado fez questão de agradecer a presidência da Casa, deputado Fernando Capez, e a empresa Madel, de São Bernardo do Campo, patrocinadora do evento.

Já a presidente do Bunkyo, Harumi Goya, ausente devido a outros compromissos, foi representada pelo vice-presidente Roberto Nishio, encarregado da leitura de sua mensagem.

04“Acho que, em especial, dois detalhes encantam aqueles que visitam a exposição. Primeiro, o guenkan, uma espécie de portal, que foi um elemento trazido pelos imigrantes japoneses ao Brasil e adotado como uma espécie de identidade japonesa na entrada de suas moradias. Esta exposição também apresenta as diversas etapas vividas por esses imigrantes em sua jornada pelo interior do Estado de São Paulo. E, ao mesmo tempo, damos destaque às tradicionais técnicas de carpintaria empregada pelos japoneses”, ressaltava a mensagem.

Na abertura, o Grupo Kiendaiko de São Bernado do Campo fez uma apresentação especial e o Toshi, do São Gonçalo Restaurante e Lanchonete, foi responsável pelo delicioso coquete.

A exposição “A moradia dos imigrantes japoneses” prossegue até o dia 30 de outubro, no Espaço Cultural V Centenário da Assembleia Legislativa de São Paulo (ALESP), de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h.

Confira o calendário de eventos completo