60 Anos do Bunkyo é tema de exposição na ALESP

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

01Ontem, 23, a ALESP – Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo abriu seu Hall Monumental com a exposição “Bunkyo: 60 Anos – sua Trajetória”. A mostra segue até o dia 27 deste mês.

Organizada pela Sociedade Brasileira de Cultura e de Assistência Social – Bunkyo, a mostra é apoiada pelo deputado estadual Hélio Nishimoto e patrocinada pela Madel. A exposição também faz parte das comemorações dos 120 anos de assinatura do Tratado de Amizade Brasil-Japão, 100 anos de instalação do Consulado Geral do Japão em São Paulo e 60 anos de fundação do Bunkyo, principal instituição representativa da comunidade nipo-brasileira.

02“É com muita alegria que apoio esta mostra da ALESP, que é mais uma etapa das comemorações da Amizade Brasil-Japão, aberta por nós com a exposição “A Moradia dos Imigrantes Japoneses”, apresentada entre os dias 19 e 30 de outubro passado no Espaço V Centenário”, destaca o deputado Hélio Nishimoto.

Para a presidente do Bunkyo, Harumi Arashiro Goya, a exposição fotográfica enfocando os 60 anos da entidade na Assembleia Legislativa é “muito significativa neste ano em que comemoramos e ressaltamos o intercâmbio Brasil-Japão”. De acordo com ela, o Bunkyo, desde sua fundação, tem atuado na divulgação e preservação da cultura japonesa e tem sido um importante elo no relacionamento com o Japão. “Assim, cada uma das imagens revela muito mais do que as atividades de nossa entidade, mas de fato documenta o intercâmbio Brasil-Japão”, ressalta.

03A exposição “Bunkyo: 60 Anos – sua trajetória” conta com 36 painéis fotográficos e registra os principais momentos da entidade, que completa 60 anos de fundação no próximo dia 17 de dezembro.

A mostra comemorativa permanecerá aberta à visitação pública até o dia 27 deste mês, das 8 às 18 horas, no Hall Monumental da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, na avenida Pedro Álvares Cabral, 201 – Ibirapuera.

Confira o calendário de eventos completo