O concorrido lançamento do livro “Do Conflito à Integração”

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

capa do conflito a integracaoNa noite do dia 31 de março, com a prestigiosa presença do embaixador do Japão, Kunio Umeda, realizou-se a cerimônia de lançamento do livro “Do Conflito à Integração – Uma História da Imigração Japonesa no Brasil – volume II (1941/2008)”, de autoria de Shozo Motoyama e Jorge Okubaro.

1 abreCerca de 350 pessoas estiveram reunidas no 9º andar do Bunkyo, no Museu da Imigração Japonesa no Brasil, para a cerimônia que Dr. Kazuo Watanabe, presidente da Comissão Editorial, em sua saudação, fez questão de destacar “nunca vi lançamento de um livro tão prestigiado como este”.

Atribuiu a responsabilidade desse feito “ao prestígio dos autores e também ao interesse relacionado ao tema da imigração japonesa”.

2 autoridadesA saudação de abertura do evento foi realizada pelo professor Kokei Uehara, presidente da Associação do Centenário da Imigração Japonesa (entidade responsável pela edição do livro) e também presidente honorário do Bunkyo.

Destacou que, em 2008, a comemoração dos 100 anos da chegada do navio Kasato Maru ao Brasil, que trouxe a primeira leva de imigrantes japoneses, foi exaltada por mais de 400 eventos por todo o Brasil, e foi “com imensa honra que presidi a Associação do Centenário desde 2003”.Destacou que esse livro “deixa uma importante fonte de pesquisa” e um “legado histórico para as futuras gerações”.

3 comissaoJá o presidente da Comissão Editorial, Kazuo Watanabe, que fez questão de destacar que na Associação do Centenário, antes desta, foram editadas outras publicações, em português, sobre o tema da imigração japonesa. Afirmou que o presente lançamento levou mais tempo para ficar pronto devido à dificuldade de escrever de uma fase da qual “somos partícipes e testemunhas ao mesmo tempo, e não temos a distância histórica para isso”.

4 publicoPara tanto, recorreu-se ao depoimento de quase uma centena de pessoas, processo que demandou muito tempo para sua organização e análise das informações.

5 okubaroO jornalista Jorge Okubaro, um dos autores do livro, agradeceu primeiramente a presença de todos e lembrou que seu contato com a comunidade nipo-brasileira é de “poucos anos”, e que a participação na presente publicação foi uma “oportunidade de estabelecer o vínculo com a minha origem que esteve esgarçada por muito tempo”.

6 kampaiFez uma breve apresentação de vários itens enfocados no livro e destacou que a história da imigração japonesa “ainda contém facetas de discussão” e que muitas delas “não mereceram um registro por causa de seu formato polêmico”.

O professor Shozo Motoyama, também autor do livro apresentado, esteve ausente por problemas de saúde, mas enviou a saudação que foi lida por Dr. Roberto Nishio, diretor-presidente do Instituto Brasil-Japão de Integração Cultural e Social. Foi um longo texto, em que Motoyama se refere “ao grande desafio” de escrever o livro e reconhece ser um “tema fascinante e envolvente”.

O embaixador Kunio Umeda, em sua saudação, destacou “um profundo respeito aos dois autores e todos os envolvidos no lançamento deste notável livro” que documenta a trajetória dos nipo-brasileiros e sua integração à sociedade brasileira, e “transmite essa história às próximas gerações”.

Destacou ainda que neste ano e nos próximos, várias localidades programam comemorações de 100 e de 110 anos e deseja, por meio da Embaixada, contribuir para que elas sejam significativas.

7 autogrfoReferiu-se à proximidade dos Jogos Olímpicos e Paraolimpícos no Rio de Janeiro e disse que gostaria de contar com a colaboração de todos para “nos ajudar a recepcionar os atletas e turistas japoneses e a torcida”, destacando que os próximos jogos serão realizados no Japão.

No final da cerimônia, o tradicional kampai (brinde), dirigido pelo Dr. Nishio, comemorou o “nascimento de um livro que será referência para todos”, a “homenagem ao professor Kokei Uehara que presidiu a Associação do Centenário desde 2003” e o “intercâmbio para que se intensifique ainda mais a partir de 2016”.

Após o brinde, parte dos presentes se dirigiu à mesa em busca do autógrafo de Jorge Okubaro e outra aproveitou a oportunidade de confraternizar-se com seus amigos.

Interessados na publicação devem se dirigir à sede da Associação do Centenário, Rua São Joaquim, 381 – 2º andar – Liberdade – SP. Mais informações pelos tels: (11) 3277-2208 e 3209-3875 – e-mail: secretaria@institutobrasiljapao.org.br

Confira o calendário de eventos completo