Falecimento de Susumu Miyao

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

miyao si foto dez10 003aFaleceu, neste domingo, dia 30 de outubro, Susumu Miyao, aos 86 anos de idade, o atual conselheiro do Centro Estudos Nipo-Brasileiros.

O sepultamento será realizado às 14h, no Cemitério Congonhas, na Rua Ministro Álvaro de Sousa Lima, 101 – Jardim Marajoara – tel.: (11) 5522-0911 / 5522-0278 / 5522-7579 / 98674-0837 / 98402-2984.

Susumu Miyao nasceu na Fazenda Aliança (situada no atual município de Mirandópolis), estado de São Paulo. Em 1939, aos 9 anos de idade, foi enviado ao Japão para tornar-se sucessor da família paterna naquele país. No entanto, os planos familiares não se concretizaram devido à Segunda Guerra e, em 1953, tanto concluído o curso de filosofia, da Faculdade de Letras da Universidade de Shinshû, retornou ao Brasil.

Em São Paulo, de 1954 a 56, se tornou professor de língua japonesa na Escola Vergueiro, um estabelecimento nikkei para moças. Depois, tornou redator-chefe da “Lavoura e Cooperativismo”, revista editada pela Cooperativa Agrícola de Cotia, até 1966. Em 1965, como diretor, participou da constituição do Centro de Estudos Nipo-Brasileiros, uma entidade sem fins lucrativos que, desde 1946 dedicava-se à pesquisa sobre a imigração japonesa no Brasil.

Susumu Miyao, de 1991 a 2003, foi diretor-executivo do Jimonken (nome mais conhecido do Centro de Estudos Nipo-Brasileiros) dedicando-se, especialmente, aos estudos de história dos imigrantes japoneses do Brasil. Atualmente atuava como conselheiro dessa entidade. (Fonte: http://www.ongtrabras.org/br)

Confira o calendário de eventos completo