ALESP faz duas homenagens à comunidade nipo-brasileira

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

mudaNa tarde de hoje, 2 de dezembro, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a comunidade nipo-brasileira recebe duas homenagens. Uma com o plantio de mudas de cerejeiras no jardim da Assembleia e outra celebrando a conquista da equipe brasileira que foi campeã da XXII Confraternização Desportiva Internacional Nikkey – Confra, na Cidade do México.

A primeira aconteca às 18h, quando o deputado Hélio Nishimoto, o cônsul geral do Japão em São Paulo, Takahiro Nakamae, e o presidente da Federação de Sakurá e Ipê do Brasil, Pedro Yano, farão o plantio das primeiras cerejeiras no jardim do acesso do estacionamento da Alesp, na Av. Sargento Mário Kozel Filho, defronte o Comando Militar do Exército, no Ibirapuera.

O plantio das cerejeiras, um conjunto de 15 mudas, é uma iniciativa do deputado Hélio Nishimoto e da Alesp, em parceria com a Federação de Sakurá e Ipê do Brasil, entidade responsável pelo plantio e manutenção do Bosque das Cerejeiras do Parque do Carmo, o maior parque do genero fora do Japão.

Para Nishimoto o plantio das cerejeiras é uma homenagem do Legislativo do Estado de São Paulo, que congrega aproximadamente a metade da população nikkei do Brasil, que hoje é cerca de 1,5 milhão de pessoas. “A presença das cerejeiras, flor simbolo do Japão, na Casa de Leis dos paulistas reforça os laços de amizade entre os dois paises”, finaliza Nishimoto.

Pedro Yano, dirigente e entusiasta das cerejeiras prevê: “se tudo correr conforme a nossa programação, os paulistanos, em especial os usuários do estacionamento da Alesp, poderão apreciar as primeiras flores dessas cerejeiras no inverno do próximo ano, em meados de julho e agosto”.

Em seguida, às 18h30, o deputado recebe em sessão solene no Auditório Franco Montoro a equipe brasileira campeã da XXII Confraternização Desportiva Internacional Nikkey – Confra, realizada em setembro último, na Cidade do México.

Uma homenagem aos atletas e dirigentes pelos expressivos resultados: 141 medalhas, sendo 62 de ouro, 36 de prata e 45 de bronze, nas modalidades de futebol, voleibol, atletismo, natação, tênis de mesa, tênis de campo, boliche e judô, com as quais a equipe brasileira sagrou-se campeã dos jogos.

“As homenagens a esses atletas e dirigentes são justas e merecidas, pois todos são atletas amadores e viajaram com recursos proprios e ajuda das suas respectivas agremiações e associações. São verdadeiros exemplos de dedicação ao esporte”, afirmou o deputado Hélio Nishimoto, vice-presidente da Comissão de Assuntos Desportivos da Alesp.

O presidente da delegação brasileira, Valter Sassaki, enalteceu a participação e o desempenho da equipe brasileira, que contou com 242 atletas que disputaram nove modalidades. “Foi gratificante conviver com todo o grupo e estreitar os laços de amizade com nikkeis de outros países, por meio do esporte.

Toshiaki Tamae, chefe da delegação de futebol, comemorou a conquista da medalha de ouro na final contra o Peru e destacou a importância do Confra na integração dos nikkeis de vários países.

Daniel Koga, um dos técnicos da equipe de atletismo, também destacou a importancia dos jogos. “No México, tivemos a oportunidade de visitar as piramides do Sol e da Lua nas ruínas de Teotihuacan, e na Capital tivemos a a oportunidade de conhecer parte da culinária local”.

A próxima CONFRA – Confraternização Desportiva Internacional Nikkey será realizada em 2018, no Chile.

Confira o calendário de eventos completo