Vai até domingo, a Exposição dos Alunos de Pintura

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

 abre TODOSLembranças da infância vivida em Pereira Barreto transpostas nas telas em tintas à óleo – os cachos do arrozal e os duas árvores de paineiras floridas no matagal próximo ao cemitério onde ficava a sepultura da mãe.

6 aberturaEstas são as inspirações/lembranças de Setsuko Matsushima, que chegou a Pereira Barreto (antiga Colônia Tietê), aos seis meses de idade, e residiu até aos 14 anos de idade. “Com a morte de minha mãe, quando eu tinha 11 anos, logo depois a família toda resolveu mudar para São Paulo”, conta Setsuko, que há 5 anos frequenta as aulas do artista Bin Kondo, ministradas no Bunkyo.’

Ela é uma das participantes da 43ª Exposição dos Alunos do Curso de Pintura Bunkyo, que prossegue nesse sábado e domingo, das 10h às 18h, no 1º andar do Bunkyo, na Rua São Joaquim, 381 – Liberdade, São Paulo, com entrada franca.

1 MIYOE SAKAUENo lado oposto da exposição está um conjunto de três telas de Miyoe Sakaue, a aluna mais antiga do Curso de Pintura: ela retrata uma paisagem montanhosa à beira de um lago, enchendo nossos olhos de verde e azul.

 

“Foram quatro meses de trabalho”, conta a autora, acrescentando que escolheu a paisagem de uma foto enviada por uma amiga do Japão – “em primeiro plano estavam minha amiga e a família dela, mas só peguei a paisagem do fundo”.

3 SETSUKO MATSUSHIMAComo uma das mais veteranas, Miyoe diz que, em casa, aproveita o tempo para pintar quadros menores. “Depois de velha, a gente tem que se envolver com alguma coisa interessante”, justificou, feliz, diante de sua obra exposta.

 

2 MIHARU yAMAZAKIJá a aluna Miharu Yamazaki, escolheu para uma de suas obras, retratar as suculentas de seu jardim conhecidas como “perolas verdes”, que um desavisado pode achar que é a vista aérea de uma floresta. Ao escolher o tema para sua obra, conta que o mais difícil foi conseguir o efeito das tonalidades verdes: “o sensei (professor) me orientou a pintar e repintar diversas vezes, foi meio complicado, sim”.

4a jaqueline sumikoA Jaqueline Aiko M. Shine escolheu as flores cor de rosa de uma revista: “achei-as muito bonitas”, afirma, mas infelizmente não consegui descobrir o nome delas: “estava escrito em chinês”, justificou. Ao lado dela, outra flor cor de rosa chama a atenção – trata-se da pintura de Sumiko Nomura, aluna do curso de pintura há sete meses somente.

4 MARINA SAKAMOTOEntre os jovens alunos, destaque para a obra de Marina Aya Sakamoto que, aos 15 anos de idade, revela um talento nato ao pintar um cardume de carpas coloridas!

 

5 MATSUONa abertura, os melhores elogios do vice-presidente do Bunkyo, Matsuo Osamu, confessando-se extremamente surpreso com alto nível das obras. Vale a pena conferir.

Confira o calendário de eventos completo