Pavilhão Japonês recebe visita do novo cônsul-geral Kuwana

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Primeiro dia pós-quarentena de 14 dias, o novo cônsul-geral do Japão, Ryosuke Kuwana, na manhã do dia 21 de agosto, não respeitou nem chuva nem frio para cumprir o ritual tradicional de todas as autoridades japonesas que chegam a São Paulo: visita ao Memorial em Homenagem aos Imigrantes Pioneiros Falecidos (Ireihi) e o Pavilhão Japonês, ambos localizados no coração do Parque Ibirapuera.

Na entrada do Pavilhão foi recepcionado pelo presidente do Bunkyo Renato Ishikawa, acompanhado pelo vice-presidente Marcelo Hideshima, diretor de Comunicação Henry Arimura, e diretor responsável pelo Pavilhão Cláudio Kurita. O secretário administrativo Eduardo Goo Nakashima foi encarregado de explanar sobre a história e das atrações do local.

Foi uma visita rápida, cerca de 30 minutos. Acompanhando atentamente as explicações de Nakashima, o cônsul-geral Kuwana destacou o pinheiro negro plantado pelo imperador emérito Akihito, em sua visita em 1967 – “está muito bem formado, depois de 50 anos”, comentou. Também observou atentamente a árvore de pau-brasil plantada pelo primeiro-ministro Shinzo Abe em 2 de agosto de 2014.

Da sacada do salão principal, ao acompanhar a movimentação das carpas coloridas, disse estar admirado com o nível de qualidade do nishikigoi brasileiro e surpreso com a abundância deles no lago do Pavilhão.

“No jardim, ele comentou sobre os pés de sakura, de ipê amarelo e branco plantado pelo príncipe Akishinomiya, e de momiji (acer) e quis saber se, no Brasil, também ocorre o koyo (quando as folhas ficam avermelhadas no outono)”, lembrou Nakashima. “Infelizmente, nenhuma das árvores estavam florida, tudo estava muito verde, com a cor ainda mais destacada com a chuva que caia”, completou.

Em visita às instalações, elogiou a conservação do local ao Cláudio Kurita, presidente da Comissão de Administração do Pavilhão Japonês. Este, por sua vez, creditou à dedicação dos funcionários da manutenção e administração.

O presidente Kurita ainda relatou as melhorias no local como a instalação de lâmpadas Led para a realização de eventos noturnos e arrumação do acervo artístico. Também anunciou a assinatura de convênio com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente para as obras de acessibilidade, cujos recursos serão disponibilizados por emenda parlamentar de autoria do vereador Rodrigo Hayashi Goulart.

A visita do cônsul-geral Kuwana, além dos representantes do Bunkyo, também foi acompanhada pelo editor do Jornal Nippak Aldo Shiguti e repórter Yodo do Nikkey Shimbun.

Confira o calendário de eventos completo