Bunkyo: “Unidos para um futuro melhor”, chapa eleita para a gestão 2021-2023

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A manhã do último dia 24 de abril, no Bunkyo, foi dedicada à 158º Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo, em formato digital, para tratar de duas pautas fundamentais aos destinos da entidade.

A apreciação do relatório de atividades, demonstrações financeiras e parecer do Conselho Fiscal referente ao exercício de 2020. A outra pauta ocupou-se dos procedimentos de eleição dos dirigentes da Diretoria, Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal.

O secretário Celso Mizumoto, em seu relatório das atividades de 2020 da entidade, depois de relatar que, com a chegada da pandemia, “todas as atividades e reuniões presenciais foram suspensas e tudo ficou paralisado”. Continua: “o Bunkyo, que vinha em ritmo acelerado de união das entidades da comunidade nipo-brasileira, também sofreu um grande impacto”, e ressalta, que nesse cenário, foi criado o “Comitê de Crise para administrar a situação” e que “diversas estratégias foram desenvolvidas”. Entre elas, destacou: 

  1. Adoção do Zoom para reuniões à distância que foi um sucesso. “Se por um lado deixava de ser um encontro, de outro permitiu a participação de pessoas, mesmo de longas distâncias”.  De acordo com ele, “a ferramenta inicialmente de difícil uso passou a ser uma ferramenta agregadora que permitiu a realização de reuniões com maciça presença de diretores de todos os rincões do País”. 
  2. A criatividade do Comitê Jovem organizou atividades online com grande sucesso. E, completou “hoje se tornou uma ferramenta de divulgação das atividades do Bunkyo que atinge não só o Brasil, mas os países das Américas e até o Japão”. 
  3. Instalação do Studio Bunkyo para realização dos eventos online.
  4. Adesão à Medida Provisória 936 permitiu a redução de custos com pessoal 
  5. Redução de custos graças à redução de honorários junto aos prestadores de serviços.
  6. O desenvolvimento de dois projetos de sustentação financeira. Citou que, entre outros, “foi fundamental para a superação da crise: a Campanha Amigo do Museu e do Pavilhão Japonês e o Projeto Cerejeiras para o Futuro”. 
  7. Atividades proativas do Bunkyo para enfrentar a crise. Essa medida, de acordo com o secretário Mizumoto, “levou a apoio das entidades e associados a acreditarem no empenho da diretoria e resultou na manutenção dos pagamentos de anuidades”.

Os relatos das atividades e das demonstrações financeiras (esta, feita pelo tesoureiro Gerson Kunii) foram resumidas levando-se em conta que foram encaminhadas antecipadamente aos conselheiros e, aprovadas por unanimidade.

O presidente Renato Ishikawa que se despedia da primeira gestão frente à diretoria do Bunkyo, lembrou que, apesar de esta entidade tem “uma organização diferente das que conheci”, “felizmente tive a sorte de conseguir compor uma diretoria fantástica”, de pessoas “com um denominador comum”, ou seja, pessoas dispostas a “fazer acontecer” e “todas muito comprometidas com o trabalho voluntário”.

Além das campanhas bem-sucedidas para arrecadação de recursos, já citadas pelo secretário Mizumoto, o presidente Ishikawa destacou “é imprescindível ainda ressaltar o aporte financeiro da Fundação Kunito Miyasaka dirigido às atividades das comissões”. 

Também, enfatizou que, em 2020, no Plano Anual de Manutenção do Museu da Imigração Japonesa aprovado pela Secretaria Nacional da Cultura, através da Lei de Incentivo à Cultura, os patrocínios da Honda, Fast Shop, Yamaha, Banco MUFG, Yakult, MOL Brasil, Sakura Nakaya e Guarany Agro-Industria e em 2021, Mayekawa do Brasil.

“Reitero meus calorosos agradecimentos a cada um dos senhores: diretores, conselheiros, associados, colaboradores, patrocinadores, publico em geral”, afirmou Ishikawa, todos, como “um poderoso aliado nesses dois anos de minha gestão”, finalizando, “será uma gratidão que levarei comigo para sempre”.

Eleição por aclamação

Encerrada essa primeira pauta, a Comissão Eleitoral assumiu os trabalhos para ultima etapa do processo eleitoral que teve início neste ano, presidida por Dr. Nelson Miyahara, formada pelos seguintes membros: Fernando Matsumoto, Julio Aguemi, Oston Hirano, Patrícia Takehana, Ricardo Augusto Yamazaki, Roberto Takayuki Kato, Sérgio Oda e Tuyoci Ohara.

Devido à inscrição de uma só chapa, a “Unidos para um Futuro Melhor”, adotou-se o formato de aclamação, com a aprovação dos conselheiros que acompanhavam a reunião (35 participantes e 5 procurações).

O presidente reeleito Renato Ishikawa, em sua saudação, depois de agradecer sua recondução à presidência da diretoria do Bunkyo, afirmou que relutou antes de aceitar concorrer à reeleição: terminado os três mandatos frente ao Hospital Santa Cruz, queria mais tempo para se dedicar-se aos seus negócios e passar mais em tempo em sua fazenda.

No entanto, segundo ele, foi vencido pelos companheiros, após várias reuniões com a diretoria e, admite, “tinha a sensação de ter largado o trabalho pela metade”. Diz: “acho que, no fundo do meu coração, gostaria muito de ver consolidado o projeto de relacionamento que iniciamos, bem como modernizar e estruturar melhor o Bunkyo”.

Conta que, escolheram batizar a nova gestão com o slogan “Unidos para um futuro melhor”, na realidade, “é um desdobramento do tema de nossa gestão anterior voltado à busca de um relacionamento harmônico”.

Explica o presidente Ishikawa, “queremos enfatizar que precisamos estar todos juntos, Diretoria, Conselho Deliberativo, todos os diretores regionais e os dirigentes das associações da região. Precisamos estar todos unidos e coesos com o mesmo objetivo de fortalecer as entidades nikkeis que representamos perante à sociedade como um todo. Afinal, somos todos brasileiros – se não por nascimento, por livre adoção”.

Entre os temas prioritários da nova gestão, que prossegue até 2023, além de “dar continuidade ao projeto de relacionamento com as entidades congêneres do Brasil e do exterior, principalmente com as do Japão”, incluindo a comunidade brasileira do Japão, a preocupação em estimular a atuação dos jovens na entidade, promover a sustentabilidade e buscar investimentos destinados à melhoria do patrimônio do Bunkyo e, investir urgentemente na atualização de nosso back office e treinamentos e oportunidades de reciclagem aos nossos colaboradores.

Já o novo presidente do Conselho Deliberativo, Jorge Yamashita, em sua saudação destacou que, “juntamente com essas ações de enfrentamento de situação crítica atual e expansão para o futuro”, apontadas pelo presidente Renato Ishikawa, “devemos atuar muito forte na manutenção e preservação da nossa identidade”, Ressalta: “devemos valorizar o patrimônio histórico e acervos culturais deixados pelos nossos antepassados”. 

“Acreditamos que, sem dúvida, os frutos dessas ações serão os alicerces para o futuro e fortalecimento dos ideais para as novas gerações que já estão efetivamente assumindo o comando de nossa comunidade”, completou.

Os integrantes da chapa “Unidos para um futuro melhor”, eleitos no último dia 24 de abril, são:

DIRIGENTES DO CONSELHO DELIBERATIVO

Presidente: Jorge Yamashita

1º Vice-Presidente: Tomio Katsuragawa 

2º Vice-Presidente: Osamu Matsuo 

3º Vice-Presidente: Ricardo Luís Nishimura 

1º Secretário: Celso Norimitsu Mizumoto 

2º Secretário: Erisson Thompson Lima Jr 

3º Secretário Rumi Kusumoto

DIRETORIA 

Presidente: Renato Ishikawa

1º Vice-Presidente: Roberto Yoshihiro Nishio

2º Vice-Presidente: Marcelo Hiroyuki Hideshima 

3º Vice-Presidente: André Tatsuhiko Korosue 

4º Vice-Presidente: Valter Takeo Sassaki 

5º Vice-Presidente: Rodolfo Eiji Wada 

6º Vice-Presidente: Lídia Reiko Yamashita 

7º Vice-Presidente: Sílvio Hidemi Iamamura 

Diretor Secretário Geral: Hugo Takeji Teruya 

Diretor Tesoureiro Geral: Taqueshi Ishikawa

CONSELHO FISCAL

Conselheiros efetivos:

Hiroshi Takahashi, Kenji Kiyohara e Ronaldo Yuzo Ogasawara

Conselheiros suplentes:

Takao Yamada, Lidia Keiko Ogassawara Shimizu e Alexandre Shodi Nomura

 

Confira o calendário de eventos completo