Japão anuncia os condecorados da Primavera 2021 do Brasil

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Neste último dia 29 de abril, o Consulado do Geral do Japão em São Paulo divulgou a relação das 10 personalidades do Brasil Condecoradas da Primavera do 3º Ano da Era Reiwa pelo governo japonês.

Três condecorados são indicados da Embaixada do Japão no Brasil: ex-deputado federal e ex-presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão William Boss Woo, 52 anos, com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro com Roseta; com a mesma condecoração está o ex-professor da Faculdade de Medicina de Botucatu da UNESP e presidente da Associação Médica Nikkei, Milton Massato Hida, 83 anos. Ainda, foi concedida a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata, Roberto Mamoru Fugimoto, 71 anos, presidente do Clube Cultural e Recreativo Nipo-Brasileiro do Distrito Federal.

Da jurisdição do Consulado Geral do Japão em São Paulo são quatro condecorados: Keita Hayashi (Sokei Hayashi), 76 anos, do Centro de Chado Urasenke do Brasil, com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata; João Carlos Saad, 69 anos, presidente da Radio e Televisão Bandeirantes SA, com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro com Laço; Renato Kenji Nakaya, 76 anos, ex-presidente da Sakura Nakaya Alimentos Ltda com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata e Luiz Higashi, 70 anos, ex-presidente da Associação Cultural Esportiva e Agrícola de Suzano com Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata.

Da jurisdição do Consulado Geral do Rio de Janeiro, o presidente da Associação Cultural Esportiva Nipo-Brasileira do Rio de Nova Friburgo, Motomu Watanabe, 74 anos, foi condecorado com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata.

Da jurisdição do Consulado Geral do Japão de Curitiba, os condecorados foram: Akioshi Shiozaki, 71 anos, presidente da Associação Cultural e Esportiva de Maringá com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro e Prata e Eliza Mitie Shiozaki, 69 anos, diretora do Colégio São Francisco Xavier, com a Ordem do Sol Nascente, Raios de Ouro com Roseta.

Os principais fatos meritórios dos condecorados

De acordo com a Embaixada do Japão, o ex-deputado federal William Boss Woo, foi condecorado devido aos seguintes feitos meritórios:

“De 2001 a 2007, foi vereador da Câmara Municipal de São Paulo durante 6 anos e de 2007 a 2011, de 2015 a 2016, no total de 5 anos, atuou como Deputado Federal, contribuindo para o fortalecimento e promoção das relações Japão-Brasil como um dos poucos políticos nikkeis do Brasil. Em particular, em 2008, ano centenário da imigração japonesa ao Brasil, contribuiu imensamente pelo êxito de vários eventos comemorativos no planejamento como vice-presidente do Grupo Parlamentar Brasil-Japão. Especificamente, conduziu o “Projeto Origami do Centenário” ao sucesso como idealizador e responsável direto, tornando este projeto o mais simbólico dentro das atividades comemorativas que ocorreram neste ano. Este gigante painel ainda está exposto no corredor central da Câmara dos Deputados como um símbolo das relações amistosas entre o Japão e o Brasil. Além disso, como vereador, introduziu no calendário oficial do município de São Paulo o “Tanabata Matsuri”, “Festival do Japão”, “Dia do Sumô”, “Dia do Samurai”, com o intuito de difundir a cultura japonesa no Brasil, fazendo uma contribuição grandiosa na promoção da amizade entre ambos os países”

Ao professor Milton Massato Hida teve destacado os seguintes feitos meritórios:

“Como ex-professor da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (Unesp), o Dr. Hida, desde 1978, tem contribuído para o intercâmbio acadêmico entre o Japão e o Brasil continuamente, coordenando e orientando as visitas dos estudantes japoneses de medicina ao Brasil, e realizando pesquisas conjuntas com universidades japonesas. Além disso, desde 2017, como presidente da Associação Médica Nikkei, tem contribuído para o aumento da visibilidade de médicos nikkeis”

 

 

Já o presidente do Clube Cultural e Recreativo Nipo-Brasileiro, Roberto Mamoru Fugimoto,  teve seu reconhecimento dos seguintes feitos meritórios:

“Atuou durante 18 anos na diretoria (8 anos como presidente) do Clube Cultural e Recreativo Nipo-Brasileiro, o maior clube nikkei do Distrito Federal. Como atual presidente, continua administrando o clube e contribuindo significativamente para a promoção do bem-estar da sociedade nikkei e o entendimento mútuo entre o Japão e o Brasil. Além disso, durante vários anos realizou o evento tradicional brasileiro, a “Festa Junina” misturado com a cultura japonesa, e de modo especial, na ocasião da Festa Junina em comemoração ao ano centenário da imigração japonesa ao Brasil em 2008, recebeu mais de 10 mil visitantes, conduzindo o evento comemorativo ao grande sucesso.”

 

Condecorados do Consulado Geral do Japão em São Paulo

Keita Hayashi (Sokei Hayashi) foi condecorado pelos seguintes feitos meritórios:

“Transmitiu a prática do Chadô a discípulos presentes em diversas partes do Brasil e conduziu um ensino de qualidade elevada, tendo também ministrado cursos na Universidade de São Paulo, contribuindo para levar o ensino da cultura japonesa, não somente da cerimônia do chá, aos estudantes das próximas gerações encarregadas da difusão da cultura japonesa no Brasil. Além disso, por meio da cooperação com importantes museus e instituições culturais do Brasil, apresentou a cerimônia do chá a um vasto público através de uma grande variedade de eventos, contribuindo para a promoção da compreensão mútua entre o Japão e o Brasil.”

 

 

O presidente da Radio e Televisão Bandeirantes, João Carlos Saad teve o reconhecimento dos seguintes feitos meritórios:

“Como presidente do grande grupo midiático Rádio e Televisão Bandeirantes (Band), concretizou a parceria de sua subsidiária TV Bandeirantes com a NHK, e no marco de importantes acontecimentos ao Japão e ao Brasil, manteve diversos noticiários relacionados ao Japão, contribuindo grandemente para a promoção do entendimento do Japão pelos brasileiros. Além disso, como presidente da Associação Brasileira de Radiodifusores (ABRA), na ocasião da implantação do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre, deu suporte à adoção do modelo japonês pelo governo brasileiro. Ainda, através de palestras, constantemente difundiu conhecimentos sobre o papel dos nikkeis no desenvolvimento do país e a importância do Japão como parceiro estratégico, contribuindo por longos anos para o intercâmbio cultural e o entendimento mútuo entre o Japão e o Brasil”.

 

Já o ex-presidente da Sakura Nakaya Alimentos, Renato Nakaya, foi reconhecido pelo governo japonês com os seguintes fatos meritórios:

“Ao assumir a empresa Sakura Nakaya Alimentos, fundada por seu pai Sueyoshi Nakaya, e trabalhar em reformas de gestão, fez a empresa crescer e deter 85% do mercado de molho de soja no Brasil e 95% do mercado de missô (pasta de soja fermentada). Paralelamente, realizou campanhas de vendas de molho de soja e missô em várias partes do Brasil, contribuindo para difusão desses produtos, antes desconhecidos dos brasileiros não descendentes japoneses. É o atual presidente do Sindicato da Indústria de Doces e Conservas Alimentícias no Estado de São Paulo (SIDOCAL) e membro da diretoria deste Sindicato há mais de 10 anos, contribuindo para popularização de produtos alimentícios japoneses no Brasil e na melhoria nos padrões de qualidade destes produtos. Também é membro da diretoria da Sociedade Brasileira e Japonesa de Beneficência Santa Cruz há mais de 15 anos, e tem contribuído para a melhoria da gestão do Hospital Santa Cruz”.

 

Luiz Higashi, ex-vereador de Suzano e ex-presidente da ACEA Suzano, foi condecorado pelos seguintes feitos meritórios:

“Como presidente da Associação Cultural Esportiva e Agrícola de Suzano, propôs a construção do Centro Educacional Nipo-Brasileiro de Suzano dentro da própria associação com o intuito de oferecer uma educação que incorpora aulas de língua, cultura e valores japoneses. Após muitos anos de esforço a abertura da escola foi realizada. Desta maneira, contribuiu muito para a difusão da cultura e língua japonesa, o desenvolvimento da comunidade nikkei na região de Suzano e a promoção de relações de amizade entre o Japão e o Brasil. Além disso, quando atuou como vereador na Câmara Municipal de Suzano, trabalhou para que ocorresse a pavimentação de estradas afim de melhorar a conveniência do transporte, e também no projeto de introdução sistema policial regional japonês na cidade, o mesmo que já estava sendo implantado em São Paulo, contribuindo assim para a melhoria da segurança da região e para o bem-estar da comunidade nikkei que vive no local”.

 

Consulado Geral do Japão do Rio de Janeiro

Motomu Watanabe, presidente  da ACENB de Nova Friburgo, foi condecorados pelos seguintes feitos meritórios:

“2005 até hoje, ele tem se dedicado à presidência da Associação Cultural Esportiva Nipo-Brasileira de Nova Friburgo. Durante esse período, ele planejou a construção da sede própria da Associação, cumprindo a sua missão. E também, realizou vários eventos de festivais japoneses. Ele tem contribuído grandemente para promover a assistência social da sociedade japonesa, através da reativação da sociedade japonesa e do desenvolvimento do intercâmbio cultural, promovendo a amizade entre o Brasil e o Japão. Além disso, formou uma organização voluntária, para realizar atividades de caridade por mais de 25 anos, tem distribuído comida japonesa para os deficientes nas instituições de assistência social e para as pessoas de renda baixa. Ele tem se dedicado muito na atividade de caridade, para a comunidade local, vendendo comida japonesa em vários eventos e festivais, doando as vendas para organizações de caridade”

 

Consulado Geral do Japão em Curitiba

Akioshi Shiozaki, que foi incluído na condecoração aos japoneses, teve os seguintes feitos reconhecidos:

“Membro da Associação Cultural e Esportiva de Maringá há 40 anos, atualmente exerce o cargo de presidente, atuando para trazer harmonia à comunidade local e para a divulgação da cultura japonesa através da realização de eventos como “Undokai” (festival poliesportivo) e “Bunkassai” (festival cultural). Na comemoração dos “120 anos de amizade Japão Brasil”, desempenhou um papel importante ao conduzir a visita do príncipe e da princesa do Japão. Além disso, considerando a atual situação em que muitas organizações e instituições médicas nikkeis estão passando por dificuldades devido à pandemia da COVID-19, conseguiu, através do seu cargo como presidente, o fornecimento de bens pelo estado do Paraná para essas instituições. Em 2006, se tornou o primeiro vice-presidente da Organização da Sociedade Civil de Interesse Público, trazendo o projeto ” Parque do Japão Memorial Imin 100″ e construindo o maior parque com jardim japonês da América do Sul, contribuindo para a promoção e a difusão da cultura japonesa”.

 

A diretora Eliza Mitie Shiozaki teve seus méritos reconhecidos pelo governo japonês como:

“A atual diretora do Colégio São Francisco Xavier vem contribuindo durante longos anos para a promoção da cultura japonesa através das aulas de japonês, das atividades relacionadas a cultura do país do sol nascente e também do ensino da história da imigração japonesa no Brasil a todos os alunos da escola. Pela forte presença de professores, funcionários e alunos nikkeis dentro da instituição, tem atendido filhos de ex-dekasseguis e dando suporte para a readaptação deles na sociedade brasileira. Além disso, como esposa do atual presidente da Associação Cultural e Esportiva de Maringá, vem trabalhando ativamente nos eventos e atividades da entidade nipo-brasileira, bem como auxiliando nas recepções de comitivas e de membros da família imperial japonesa em ocasiões de visita à cidade, contribuindo fortemente para o estreitamento das relações amigáveis entre os dois países”.

 

Confira o calendário de eventos completo