Movimento “Unidos pela Vacina” – Precisamos de sua ajuda!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

 

Você e sua entidade podem se juntar às outras centenas de entidades, empresas, associações, ONGs, entre outras, para ajudar o Brasil a enfrentar a ameaça do coronavirus por meio da vacinação. Não se exige uma contribuição mirabolante de nível nacional, pode ser algo mais simples, dentro da capacidade de cada um – por exemplo, ajuda à prefeitura de sua cidade.

Trata-se do Movimento “Unidos pela Vacina”, liderado pelo grupo Mulheres do Brasil, presidido por Luiza Helena Trajano (presidente do Conselho do Grupo Magazine Luiza) e pela fundadora e presidente da rede Blue Tree Hotels, Chieko Aoki.

O “Unidos pela Vacina” foi lançado no último mês de fevereiro, com o proposito de auxiliar na logística de distribuição e aplicação de vacinas, em conjunto com os órgãos governamentais (municipal, estadual e federal), e de promover campanhas de conscientização em prol da imunização.

Falas rápidas e objetivas, Luiza Helena e Chieko garantem que o grupo “não está interessando em negociar, em comprar vacinas”, mas, sobretudo, criar condições para que a vacinação de todos os brasileiros ocorra até setembro de 2021.

Luiza Helena relatou que, para planejar detalhes desse movimento, visitou 11 prefeituras municipais para levantar as necessidades e alternativas possíveis de ajuda. Foi conhecer “in loco” os problemas e necessidade de cada uma e, a partir disso, montar “pacotes” alternativos para diferentes tipos de cidades conforme o número de habitantes.

 

Como participar e ajudar o “Unidos pela Vacina”

Como a comunidade nikkei poderá participar desse movimento?

Este foi um dos itens da live, no último dia 31 de maio, moderada por Lesley Ishii, vice-presidente da Ren Brasil e Gioji Okuhara, diretor cultural do Bunkyo, e contou com a participação do embaixador do Japão, Akira Yamada e do presidente do Bunkyo, Renato Ishikawa.

 

Luiza Helena e Chieko explicam que o movimento “Unidos pela Vacina” atua como intermediário entre os interessados em “apadrinhar” ou “amadrinhar” uma determinada cidade/prefeitura. O interessado deverá enviar mensagem para o email prefeitura@grupomulheresdobrasil.org.br informando sobre suas pretensões e os organizadores se encarregarão de passar todas as orientações. 

Durante a live, Gioji Okuhara contou que sua mãe, ao emigrar ao Brasil, foi a Cafelândia e sua intenção era ajudar essa cidade como forma de uma homenagem familiar. Já o presidente Renato Ishikawa, disse da intenção de colaborar com a Prefeitura de São João da Boa Vista onde está localizada sua fazenda.

Em ambos os casos, a presidente Luiza Helena recomendou que inicialmente entrassem em contato com os organizadores do movimento por meio de email para receber as informações sobre os procedimentos a serem adotados. 

 

 

De acordo com ela, o país possui mais de cinco mil cidades e já conseguiu reuniu cerca de dois mil “padrinhos” para muitas delas, mas tem algumas que ainda estão precisando de muita ajuda para em sua campanha de vacinação. “Portanto, considero importante esse primeiro contato com a nossa central para que ela passe as orientações sobre as reais necessidades de cada uma das cidades”, informa Luiza Helena, ressaltando que “o movimento faz a intermediação e encaminhamento dos contatos, mas não trabalha com dinheiro ou nota fiscal – isso é um acerto direto entre a Prefeitura e o padrinho”.

Chieko sugeriu que as entidades nipo-brasileiras, interessadas em colaborar com o “Unidos pela Vacina”, poderiam entrar contato com o Bunkyo e este liderar uma espécie de ação coletiva da sociedade civil, aproveitando a estrutura já existente. E, ao mesmo tempo, fosse realizada uma campanha de incentivo ao envolvimento de diferentes grupos jovens. Interessados podem entrar em contato com o Bunkyo pelo email: atendimento@bunkyo.org.br

Este evento online “Unidos pela Vacina” foi uma iniciativa conjunta entre Bunkyo e REN (Rede Nikkei do Brasil), com os apoios da Embaixada do Japão no Brasil, Fundação Kunito Miyasaka, Grupo Mulheres do Brasil, NEB – Nikkei Empreendedores do Brasil, JCI Brasil Japão e Jornal Nippak. 

 

 

Assista a nossa live:

Confira o calendário de eventos completo