Concertos Bunkyo: Inspiração Natalina

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

“Para encerrar a Série de Concertos Bunkyo 2021, apresentaremos um programa de inspiração natalina, para celebrar nada menos que a esperança e a gratidão pela vida, após essa longa provação pandêmica sofrida por todos nós.”, afirma Carlos Harasawa, presidente da Comissão de Música Erudita do Bunkyo, ao anunciar o último concerto do ano para o próximo dia 16 de dezembro, quinta-feira, às 19h, exclusivamente on-line no canal youtube.com/bunkyodigital. 

Este momento de especial significado terá a participação de dois músicos de primeira grandeza. São eles: o barítono nikkei Charles Miyasaki e a pianista sul-coreana Sin Ae Lee, que interpretarão o seguinte programa.

1 – The Trumpet Shall Sound (Messias) – G. F. Händel

2 – Noite Santa (Cantique de Noël) – Adolphe Charles Adam

3 – Jesus Alegria dos Homens – J. S. Bach – piano

4 – Ave Maria (Bach/Gounod)

5 – O Tannenbaum – Anônimo

6 – Noite Feliz (Stille Natch) – Franz Xaver Gruber

7  – Jul, Jul, Strålande Jul – Gusvav Nordqvist

8 – Mariä Wiegenlied – Max Reger

9 – Medley de Hinos de Natal

10 – Amazing Grace – John Newton

11 – We Wish you a Merry Christmas – tradicional inglesa

Esta série “Concertos Bunkyo 2021” tem o patrocínio da Fundação Kunito Miyasaka, Sansuy, Kanaflex e apoio da Embaixada do Japão, Consulado Geral do Japão em São Paulo, e Jornal Nippak. 

Os músicos 

Charles Miyasaki, barítono, participou durante seis anos do Madrigal Coros Angélicos – grupo coral com mais de 50 anos de existência -, sendo solista em diversas apresentações, sob a regência de Hildalea Gaidzakian. 

Foi monitor de naipe e solista do Coral da Cidade de São Paulo sob a regência do maestro Luciano Camargo.
Em 2010, apresentou-se como Colas da ópera Bastien und Bastiene, de W. A. Mozart, em conjunto com o pianista Joaquim Paulo do Espírito Santo e coordenação de Hildalea Gaidzakian no Auditório Lúcia Lambertini, São Paulo.
Em 2012, apresentou-se junto a Bachiana Filarmônica SESI com o maestro João Carlos Martins, executando Lieder, de Robert Schumann, na Sala São Paulo.
Em 2013, sob regência da maestrina Mônica Giardini e Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, como “Luduud” da ópera Treemonisha de Scott Joplin na Sala São Paulo. 

Apresentou-se no Teatro São Pedro executando árias de W. A. Mozart e repertório de câmara sob a regência do maestro Raphael Casalânguida.
Em 2014, apresentou-se com a Orquestra de Câmara do Colégio Visconde de Porto Seguro sob a regência de Gretchen Miller, da cantata de J. S. Bach opus 32. Participou ainda do Coral Teatro São Pedro sob a regência dos maestros Roberto Duarte e Emiliano Patarra, na cidade de São Paulo.
Em 2015, participou como solista em peças de câmara de M. Ravel e C. Debussy, sob a coordenação do maestro Fernando Malheiro e coordenação e participação do maestro André Santos.
Continua desenvolvendo trabalhos de música de câmara e de concerto pelos teatros paulistas.

Sin Ae Lee, natural de Seul (Coreia do Sul), iniciou seus estudos de piano aos cinco anos de idade. Aos sete, conquistou o primeiro lugar no Concurso Infanto-Juvenil Jo-Shun. Aos dezoito, mudou-se para o Brasil, iniciando sua orientação com Margarida Fukuda. Formou-se bacharel em Música Erudita (piano), pela Faculdade Santa Marcelina, na classe de Maria José Carrasqueira.

Entre 1997 e 1999 foi bolsista do Jornal Jo-Sun. Em 1999 participou como pianista preparadora e cravista convidada na ópera La Serva Padrona (G.B. Pergolesi), com o Núcleo de Ópera da FASM (atual Grupo Ópera de Risco), apresentando-se em São Paulo e no I Festival de Música de Fortaleza (CE). Em 2000, foi premiada no XVIII Concurso Nacional Cidade de Araçatuba e no II Concurso Nacional de Piano de São Caetano do Sul.
Participou de cursos e masterclasses dirigidas pelos professores Mario Videla (Argentina), Alexandra Mascolo-David (Portugal-EUA), Fabio Luz (Brasil-Itália) e Caio Pagano (Brasil-EUA). 

Em 2002, foi solista do Concerto K. 414, de W.A. Mozart, com a orquestra de Câmara L’Estro Armonico, sob a regência do maestro Emiliano Patarra. Como solista e camerista, apresentou-se em diversas cidades brasileiras, dentre elas Jundiaí, João Pessoa (UFPB), Natal (UFRN), Pelotas, Santa Maria e Santa Cruz do Sul.

Atuou como pianista acompanhadora da masterclass de Luiz Tenaglia e pianista convidada do coro infantil-juvenil da OSESP, Coral “a Tempo” (regente Walter Chamun), Coral Collegium Musicum (regente Nibaldo Araneda) e Coral Livre da Cidade de São Paulo – Fundação Theatro Municipal de São Paulo (regente Heloísa Junqueira). 

Apresentou-se como recitalista na série Música no MASP, Música no SESI e Música no MUBE (Museu Brasileiro da Escultura), em São Paulo, série exclusivamente dedicada a recitais solo de piano, além do Teatro São Pedro de Porto Alegre (RS). 

Atualmente, desenvolve uma promissora carreira realizando recitais em reconhecidas séries da capital paulista e interior e demais cidades do Brasil como solista e também como pianista do Grupo ÓperArte.

Confira o calendário de eventos completo