Y. Fujyama lança livro de poesias

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

outras manhas e seus deuses“Outras Manhãs e seus Deuses” é o livro de poema que o autor Y. Fujyama estará autografando no próximo dia 6 de outubro, a partir das 19h.

O evento acontecerá na Casa das Rosas e marca um raro momento na vida de Fujyama, membro da Comissão de Atividades Literárias do Bunkyo. Esta obra está sendo lançada 60 anos depois de sua estreia com “Nítidas Paisagens”, datada de 1955. Três anos depois, foi lançado o segundo livro de poemas: “A Manhã e seus Deuses”.

Filho de imigrantes da província de Hiroshima, Fujyama nasceu em 1933, em Nova Europa, interior de São Paulo.
Inicialmente, seus poemas foram publicados em diversos jornais da capital, como Diário da Noite, A Gazeta, Correio Paulistano, entre outros. No período de 1977/80 fez parte da revista Escrita e ultimamente tem colaborado na imprensa com resenhas críticas (Suplemento Literário e Caderno 2, ambos de O Estado de São Paulo).

y fujyamaFujyama conta que, apesar do lapso de 60 anos sem publicar suas criações poéticas, continua frequentando o grupo de poetas e cultivando o “vício da poesia”. É considerado, segundo ele, “o caipira do grupo”, sempre discreto, prefere anotar à mão suas criações e depois datilografá-las em sua fiel Olimpia – a última máquina de escrever (manual) que restou em sua casa.

Feliz (e não poderia ser de outro jeito!) com a publicação de seus trabalhos, conta que o “empurrão” foi dado pelo amigo e editor Valdir Rocha. “No início, pensamos em reeditar os poemas de 1958, mas depois, analisando aqueles feitos após essa data, avaliamos que seria melhor montar um novo livro”, conta Fujyama, admitindo que não foi “muito criativo” no título, ou seja, acrescentou somente “outras” ao anterior. Será? Ou isso traduz, de certa forma, seu sentimento arraigado de fidelidade e “amor para sempre”, como acontece com sua velha máquina de escrever?

Lançamento dos livros
Outras Manhãs e seus Deuses, de Y. Fujyama
Celso de Alencar, o Poeta de Meias Vermelhas, de Leila Maria Romero
Tempo Comum, de Eunice Arruda
Dia/hora: dia 6 de outubro de 2015, terça-feira, a partir das 19h
Local: Casa das Rosas
Av. Paulista, 37 – São Paulo – SP

Confira o calendário de eventos completo