O projeto “Água no Feijão” precisa de sua ajuda

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Oferecer diariamente 200 marmitas, pelo menos durante 30 dias, para socorrer as comunidades vulneráveis que passam fome agravado pelo isolamento social.

Com essa proposta, o movimento “Água no Feijão” idealizou uma ação destinada a preparar e entregar marmitas aos necessitados. Ao mesmo tempo, organizar uma cadeia de produção sustentável capaz de gerar pagamento para cozinheiros, ajudantes, transportadores e pequenos fornecedores.

Trata-se de um movimento envolvendo voluntários representantes de várias entidades de São Paulo que, em conjunto com a chef Telma Shiraishi, passou a preparar as refeições numa das cozinhas do restaurante Aizomê. Depois, embaladas em marmitas, tem sido entregues nas comunidades previamente selecionadas.

Participam do projeto solidário “Água no Feijão”, além da chef Telma Shirashi, a JCI Brasil-Japão, Abeuni, Comissão de Jovens Bunkyo, Aliança Cultural Brasil-Japão, Asebex, Abjica e KIF Brazil (Koyamada International Foundation). Conta ainda com o apoio do Bunkyo e Japan House São Paulo e o patrocínio da Fundação Kunito Miyasaka.

Como ajudar o “Água no Feijão”

Todos podem colaborar com essa ação solidária destinada especialmente aos trabalhadores informais e comunidades da periferia. As contribuições poderão ser em dinheiro, insumos, embalagens ou trabalho voluntário.

Os organizadores ressaltam que, nesta primeira fase, para alcançar a meta de 200 marmitas diárias, durante um mês, o custo foi orçado em R$ 47.600,00. 

“A fome não pode esperar” – com essa constatação, as ações do “Água no Feijão” já estão em andamento, mesmo antes de atingir os recursos suficientes para cobrir todos os custos. Aliás, os desafios dos voluntários representantes das entidades vão além de somar recursos para essa primeira etapa – desejam que a arrecadação seja suficiente para aumentar a quantidade das marmitas diárias e até estender o período de duração do projeto! 

“O Bunkyo, nesse momento grave que vive a nossa sociedade, contando com o espirito solidário de nossos voluntários e associados, junta seus esforços para amenizar o sofrimento de parte de nossos irmãos em dificuldades”, afirmou o presidente Renato Ishikawa, ressaltando que “espera contar com a ajuda de todos”.

Acesse o site www.aguanofeijao.org.br e escolha uma das opções:

Doador Água no Feijão: 1 marmita (R$ 8,00)

Bom Apetite: 2 marmitas (R$ 16,00)

Bom de Garfo: 5 marmitas (R$ 40,00)

Barriga Cheia: 10+ marmitas (R$ 80,00 ou mais)

Ou ainda, poderá contribuir com:

Padrinho ou Madrinha do Água no Feijão: 100+ marmitas (R$ 800,00 ou mais)

Um Dia sem Fome: 200+ marmitas (R$ 1.600,00 ou mais)

Missão Cumprida: 300+ marmitas (R$ 2.400,00 ou mais)

Como encaminhar as doações/colaborações

As transferências das doações em dinheiro podem ser feitas por meio do Paypal. 

Ou ainda, se preferir outras formas de transferência ou pagamento, entrar em contato pelo e-mail: contato@aguanofeijao.org.br

Para doação de insumos, embalagens ou outros materiais, os detalhes podem ser tratados pelo e-mail: contato@aguanofeijao.org.brInteressados em colaborar como voluntários, as áreas de atuação são: logística, compras, cozinha, financeira e auditoria. Enviar e-mail para contato@aguanofeijao.org.br indicando a área interessada.

Confira o calendário de eventos completo