Coral Feminino: Intercâmbio, Intercâmbio

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

comitiva em LeiriaPara elas, a música é o eterno motivo/justificativa para a realização de uma série de atividades que revertem em significativos intercâmbios, seja de aprendizado musical, seja de novas amizades.

Estamos nos referindo ao Coral Feminino Bunkyo que, no começo de novembro, embarcou rumo a Portugal. Mas elas não foram só: juntaram-se às integrantes dos corais Paineiras e Piccolo e, em 40 senhoras, formaram o Coral Feminino Nipo-Brasileiro. Com elas, também foram o maestro Teruo Yoshida (que atua nos três corais) e a pianista Michiko Miyajima. Ainda fizeram parte da comitiva os maridos de várias coralistas.

LisboaEsse intercâmbio entre os três corais vem sendo realizado em várias ocasiões e, desta vez, foi assumido um compromisso internacional.

Os preparativos foram cumpridos com rigor, incluindo uma pré-estreia do concerto, no dia 21 de setembro, no Pequeno Auditório do Bunkyo.

Depois, em Portugal, o sucesso foi surpreendente. O Coral Feminino Nipo-Brasileiro se apresentou em Lisboa, no dia 9 de novembro, no Palácio Foz, na Sala dos Espelhos, em conjunto com o anfitrião, o Coro Lnec, do Laboratório Nacional de Engenharia Civil. Cada um deles interpretou suas músicas, como também cantaram em conjunto. “Samba Lê Lê”, foi a música popular do Brasil, e “Luisinha”, a de Portugal.

Leiria“Em Lisboa, os convites foram esgotados e muitas pessoas ouviram o concerto pelo lado de fora da sala”, comentou Marie Miki, uma das coordenadoras do Coral Feminino Nipo-Brasileiro. “A embaixada do Japão em Portugal também divulgou o evento e tivemos a presença do ministro-conselheiro Sadayoshi Takagawa”, acrescenta.

Do repertório escolhido para estas apresentações, Marie comenta que “cantamos tudo de cor” e que foi “A Flauta Mágica” que fez o maior sucesso. Não foi só um concerto, foi um show, e o público gostou muito”. (acompanhe algumas apresentações aqui)

homenagemDepois, no dia 14 de outubro, com o mesmo repertório, a apresentação foi em Leiria, no Teatro Miguel Franco, tendo como anfitrião o Coro SAMP, da Sociedade Artística Musical dos Pousos, que como canção popular portuguesa apresentou “Ti’Anica de Loulé”.

O Coral Feminino Nipo-Brasileiro ainda recebeu a homenagem da Câmara Municipal de Leiria, representada pelos vereadores Gonçalo Nuno Bértolo Gordalina Lopes e Ricardo Miguel Faustino dos Santos, que entregaram uma moeda com um dos símbolos da cidade, o Castelo de Leiria.

coralJá o presidente da SAMP, Nuno Martinho, destacou que “Foi com todo o prazer que respondemos ao desafio para realizar um evento musical conjunto que culminou num belíssimo Concerto… Ficou uma vez mais demonstrado que os laços que unem estas três culturas podem resultar em manifestações culturais ímpares”.

moedasampTerminado os compromissos oficiais, muitas coralistas, acompanhadas de amigas e/ou familiares, aproveitaram para um passeio pelas belas terras portuguesas.

Confira o calendário de eventos completo