Da Era Heisei para a Reiwa: Saudação ao novo Imperador do Japão

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

2019.04.30 1Na noite do último dia 30 de abril, cerca de 200 pessoas participaram da celebração de passagem da Era Heisei para a Reiwa e da ascensão ao trono do novo imperador do Japão (cuja cerimônia ocorreu no dia 1º de maio).

Curiosamente, essas pessoas puderam, por conta do fuso horário, protagonizar a primeira comemoração festiva ao imperador Naruhito.

2019.04.30 84O evento, que se realizou no Espaço Multiuso do Bunkyo, foi promovido pelas cinco entidades representativas da comunidade nipo-brasileira: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e de Assistência Social (Bunkyo), Beneficência Nipo-Brasileira de São Paulo (Enkyo), Federação das Associações de Províncias do Japão no Brasil (Kenren), Câmara de Comércio e Indústria Japonesa do Brasil e Aliança Cultural Brasil-Japão.

2019.04.30 119bA cerimônia bilíngue (português/japonês) reuniu, além de dirigentes dos órgãos japoneses, representantes das empresas japonesas sediadas no Brasil, das associações de províncias japonesas e de diferentes associações nipo-brasileiras.

Tendo no palco o shodô “Reiwa” (Bela Harmonia) de autoria de Élcio Yoshitaka Yokoyama, a cerimônia iniciou com as saudações bilíngues dos presidentes das entidades promotoras: Renato Ishikawa (Bunkyo), Akeo Yogui (Enkyo), Yasuo Yamada (Kenren), Toshifumi Murata (Câmara) e Eduardo Yoshida (Aliança). A série foi encerrada pelo cônsul-geral do Japão em exercício, Akira Kusunoki, que agradeceu a todos “pela memorável cerimônia”.

2019.04.30 69bEm seguida, o ritual do “Banzai Sancho”, saudação coletiva feita em tradicionais celebrações do Japão, foi conduzido pela ex-presidente do Bunkyo, Harumi Arashiro Goya. Todos em pé, erguendo as bandeiras do Brasil e do Japão, saudaram o novo imperador com três “banzai”, desejando-lhe saúde, paz e prosperidade.

Na sequência, o Quarteto de Cordas do Instituto Fukuda foi encarregado da audição musical reunindo as composições “Primavera” (1º Movimento) de Vivaldi, “Furusato” entre outras (arranjos de Fábio Tagliaferri).

2019.04.30 133bO Quarteto é formado pelos três irmãos Fukuda: Marcos (viola), Ricardo (violoncelo) e Miyuki (1º violino), além de Fabiane Suzuki (2º violino). A família Fukuda foi destaque por participar, em outubro de 1982, na residência do cônsul-geral do Japão, de um sarau com a presença do então jovem príncipe-herdeiro Naruhito (que tocou viola), em sua primeira visita ao Brasil.

Antes de servir o jantar, o presidente do Conselho Deliberativo do Bunkyo, André Korosue, foi chamado ao palco para conduzir o tradicional Kampai (brinde) com saquê.

110 anos da imigração japonesa

2019.04.30 64Este evento ainda marcou o encerramento das atividades da Comissão para Comemoração dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil.

Yoshiharu Kikuchi, presidente do Comitê Executivo, foi encarregado de apresentar os agradecimentos aos colaboradores e ressaltou a importância da continuidade das obras do Centro Esportivo Kokushikan como legado das comemorações. E fez referência à presença de Kaneko e Carlos, esposa e filho de Kazuo Harazawa, um dos importantes colaboradores na construção da primeira fase do projeto de sustentabilidade do Kokushikan.

Kikuchi também anunciou o lançamento da revista “Gratidão e Esperança – Relatório das Atividades Comemorativas dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil”. A publicação foi distribuída aos presentes.

Fotos: Kenia Gomes

{gallery}noticias/2019/maio/reiwa_novo_imperador{/gallery}

Confira o calendário de eventos completo