Concurso: Memória dos 30 Anos da Comunidade Brasileira

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Instituído o Concurso Bunkyo-Ciate: “Decasségui 30 Anos: Nossas Vivências”, em formato de “enikki” (diário ilustrado) e que oferece um computador laptop ao vencedor.

Ao iniciar o planejamento da serie de lives sobre os “30 Anos da Comunidade Brasileira no Japão”, queríamos complementar com algo que fosse especial e pudesse marcar esse evento.

Quem afirma é Rodolfo Wada, presidente da Comissão Projeto Network, responsável pela coordenação do evento em parceira com o CIATE – Centro de Informação e Apoio ao Trabalhador no Exterior.

Assim surgiu a proposta de um concurso destinado a documentar e “rica experiência humana vivida nesses 30 anos do movimento decasségui”, destaca.

A proposta é a de utilizar o formato de “diário ilustrado” que, no Japão, é conhecido como “enikki” e tem uma história que vem desde a Era Heian (794/1185).

“Esta é uma experiência muito especial, própria de quem viveu no Japão por certo tempo, seja como estudante, seja acompanhando os estudos das crianças”, afirma Yoshio Yoshizane, integrante da Comissão Organizadora e que estudou e morou no Japão durante vários anos. Saudoso, relembra que “a dificuldade era fazer enikki durante as férias, quando a gente não queria saber da escola e dos estudos, mas foi importante para treinar a redação”.

O Concurso Bunkyo-Ciate: “Decasségui 30 Anos: Nossas Vivências” deseja reunir trabalhos que abordem situações que envolvam as experiências do dia-a-dia, as reflexões sobre a vivência no Japão e/ou Brasil, ou outras passagens relevantes.

O formato para a apresentação do trabalho é o “enikki” que combina texto e ilustração e tem sido adotado no ensino fundamental.  O enikki já era utilizado desde a Era Heian (794/1185) como meio para a nobreza descrever acontecimentos passados e/ou registrar as paisagens de suas viagens. Também foi muito empregado por cientistas e estudiosos para ilustrar costumes e culturais diferentes de outros países.

Atualmente, há um grande incentivo para que, não somente as crianças, como também os adultos adotem o enikki como forma de expressão. Ou seja, a ilustração como complemento das palavras para melhor expressar aos pensamentos e/ou sentimentos.

O Concurso é aberto a todas as pessoas, de qualquer idade, residentes no Brasil ou no exterior.

Como se trata de uma adaptação do enikki, ao invés de usar os tradicionais papeis “genko yoshi”, os trabalhos deverão ser apresentados em formato A4 (210cmx297cm), em até 5(cinco) páginas, incluindo texto e ilustração já devidamente montados.

Os trabalhos devem ser enviados por meio digital, acompanhados da ficha de inscrição preenchida para o email: concurso@bunkyo.org.br.

A inscrição é gratuita e o prazo vai até 28 de dezembro de 2020. O vencedor será premiado com um computador laptop e os melhores trabalhos, a critério da Comissão Julgadora, farão parte de uma antologia alusiva aos 30 anos a ser publicada pelas entidades organizadoras.

A seguir, os detalhes do Regulamento do Concurso e a Ficha de Inscrição.

Baixe o pdf com regulamento

concurso-Bunkyo_Ciate


Confira o calendário de eventos completo